Jornal do Commercio
PUBLICAÇÃO

Raimundo Carrero prepara lançamento do suplemento literário Cenas

Com Lourival Holanda e Luzilá Gonçalves, ele vai trazer mensalmente análises literárias

Publicado em 11/01/2017, às 07h12

Raimundo Carrero ainda prepara o lançamento de um romance para 2017 / JC Imagem
Raimundo Carrero ainda prepara o lançamento de um romance para 2017
JC Imagem
Diogo Guedes

Enumerar todas as atividades literárias de Raimundo Carrero atualmente é um trabalho para muitas linhas de texto. A escrita, claro, sempre foi sua prioridade: o vencedor do Prêmio Machado de Assis, do Jabuti e do Prêmio São Paulo nunca tira o olho do seu projeto literário que, agora em 2017, vai ganhar mais um romance: Pérolas Porcas. As aulas e encontros com outros autores ganharam um reforço nos últimos tempos com a criação do Centro Cultural Raimundo Carrero, no Espinheiro. A crítica literária, companheira e base da sua ficção, agora vai se desdobrar em mais um projeto: o Suplemento Literário Cenas.

A publicação será um espaço para ensaios e textos mais longos sobre a literatura. Carrero já mantém uma coluna no Suplemento Literário Pernambuco e, lá, costuma analisar a construção ficcional tanto de títulos clássicos como de obra contemporâneas. No Cenas, os artigos mais longos vão permitir pequenos ensaios sobre os meandros do autores que mais admira – o seu primeiro texto, não por acaso, é sobre a construção do romance em Graciliano Ramos, um dos seus temas preferidos. “Vai ser um jornal autônomo, ligado ao Centro Cultural Raimundo Carrero, para ser distribuído gratuitamente”, adianta.

Com quatro páginas, o Cenas já tem uma equipe de colaboradores honrosa: além do próprio Carrero, participam a cada edição os críticos literários e pesquisadores Lourival Holanda e Luzilá Gonçalves. A ideia é fazer um exemplar a cada mês, com um artigo de cada um dos três editores. A página que sobra vai ficar com a coluna Participe, em que leitores e colaboradores podem enviar textos para serem publicados.

O primeiro exemplar, já pronto, traz na sua primeira página uma análise sobre a reedição de Nordestinados, livro de poemas de Marcus Accioly, feita por Lourival. “A juventude que agora relê Nordestinados descobre aí, com assombro, um poeta cujo frescor se mantém intacto”, diz o crítico. Em seu texto, a escritora Luzilá Gonçalves ressalta a importância da produção literária de mulheres, com um recorte no Nordeste, citando nomes como Lucila Nogueira, Micheliny Verunschk, Lenilde Freitas e Deborah Brennand, entre outras.

A primeira edição do Cenas conta com diagramação e ilustrações da designer Hallina Beltrão – deve contar, em outras edições, com a participação da também designer Jaíne Cintra. As quatro páginas, sonha Carrero, podem virar depois 8 ou 16 caso surjam apoios ou patrocinadores. Por enquanto, por uma parceria com a editora Bagaço, ele conseguiu imprimir gratuitamente a publicação, em formato preto e branco. Como a tiragem pode ser ampla, de 10 mil exemplares, seu plano é tentar conseguir parceria com jornais para levar gratuitamente o Cenas até os seus leitores.

Além do Cenas, que deve ser lançado ainda neste mês, Carrero tem muitos planos para 2017. Vai lançar Pérolas Porcas pela Iluminuras e ainda programa um volume de contos, Máscaras no Escuro. Já acertou também e a reedição do volume Os Segredos da Ficção, com textos que são base para a sua oficina literária, pela Cepe Editora.

CENTRO CULTURAL

Inaugurado no ano passado, o espaço continua suas atividades neste ano. Em janeiro, já recebe o seu primeiro convidado: o escritor pernambucano radicado em São Paulo Marcelino Freire. Aluno da primeira oficina de Carrero, o autor de Angu de Sangue vai conversar, no dia 27 de janeiro, às 19h, com Carrero sobre a sua literatura e vai ler um trecho do seu novo romance, que será publicado pela Record ainda em 2017.

Na sua passagem pelo Recife, Marcelino também fará uma versão menor da sua oficina de criação em São Paulo, a Toca Literária, entre 27 e 29 de janeiro. Para se inscrever e se informar sobre o preço, é preciso mandar um e-mail para oficinatocaliteraria@gmail.com.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM