Jornal do Commercio
HOMENAGEM

Dilma Rousseff lê trecho de romance de José Saramago

Em vídeo para a Fundação José Saramago, a ex-presidente destaca um pedaço do livro O Evangelho Segundo Jesus Cristo

Publicado em 01/03/2017, às 20h17

Dilma Rousseff no vídeo publicado pela Fundação José Saramago / Facebook/Reprodução
Dilma Rousseff no vídeo publicado pela Fundação José Saramago
Facebook/Reprodução
JC Online

A ex-presidente do Brasil Dilma Rousseff aparece em um vídeo publicado nesta quarta (1/3) lendo um trecho de um livro do escritor português José Saramago. Dilma escolheu para a leitura o pedaço final de uma das obras-primas do Nobel da Literatura de Portugal: o romance O Evangelho Segundo Jesus Cristo.

O trecho final fala da morte de Jesus com o estilo inconfundível de Saramago, em uma prosa direta, sem a marcação das falas com aspas.

O Evangelho Segundo Jesus Cristo mostra um Jesus humanizado – e é justamente essa a força do romance e do personagem. O final do livro tem uma bela frase de Jesus para Deus, seu pai: “Nem eu posso fazer-te todas as perguntas, nem tu podes dar-me todas as respostas”.

Na legenda do vídeo, a Fundação José Saramago descreve Dilma Rousseff como a “última presidenta legítima do Brasil”. Dilma ainda termina o vídeo dizendo: "José (Saramago) é fundamental".

Veja o trecho de Saramago lido por Dilma Rousseff

"Jesus morre, morre, e já o vai deixando a vida, quando de súbito o céu por cima da sua cabeça se abre de par em par e Deus aparece, vestido como estivera na barca, e a sua voz ressoa por toda a terra, dizendo, Tu és o meu Filho muito amado, em ti pus toda a minha complacência. Então Jesus compreendeu que viera trazido ao engano como se leva o cordeiro ao sacrifício, que a sua vida fora traçada para morrer assim desde o princípio dos princípios, e, subindo-lhe à lembrança o rio de sangue e de sofrimento que do seu lado irá nascer e alagar toda a terra, clamou para o céu aberto onde Deus sorria, Homens, perdoai-lhe, porque ele não sabe o que fez. Depois, foi morrendo no meio de um sonho, estava em Nazaré e ouvia o pai dizer-lhe, encolhendo os ombros e sorrindo também, Nem eu posso fazer-te todas as perguntas, nem tu podes dar-me todas as respostas. Ainda havia nele um resto de vida quando sentiu que uma esponja embebida em água e vinagre lhe roçava os lábios, e então, olhando para baixo, deu por um homem que se afastava com um balde e uma cana ao ombro. Já não chegou a ver, posta no chão, a tigela negra para onde o seu sangue gotejava".

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM