Jornal do Commercio
Literatura

Lázaro Ramos, Lilia Schwarcz e Felipe Hirsch abrem a Flip 2017

A abertura da 15ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip 2017) terá leitura de textos de Lima Barreto

Publicado em 20/04/2017, às 17h45

Lázaro Ramos, Lilia Schwarcz e Felipe Hirsch / Divulgação
Lázaro Ramos, Lilia Schwarcz e Felipe Hirsch
Divulgação
Guilherme Sabota/ Estadão conteúdo

A sessão de abertura da 15ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip 2017) será protagonizada por Lázaro Ramos: o ator vai interpretar textos de Lima Barreto, homenageado desta edição. A leitura faz parte de uma apresentação criada pela historiadora Lilia Schwarcz - que em junho lança a biografia Lima Barreto, Triste Visionário. O diretor Felipe Hirsch completa a trinca da sessão que abre a Flip, este ano marcada para os dias 26 a 30 de julho, em Paraty.

Flip 2017

Ramos está no ar com o programa Espelho, no Canal Brasil, em que entrevista figuras de destaque da cultura afro brasileiras. Na Flip deste ano, ele também lançará o livro Na Minha Pele (Objetiva), no qual explora sua trajetória como ator.



Conhecida também por obras relacionadas à história social brasileira, Lilia Schwarcz vai apresentar na Flip o resultado da sua pesquisa de mais de uma década sobre Lima Barreto - como a reportagem adiantou, em dezembro.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM