Jornal do Commercio
DIGITAL

Empresa oferece serviço de edição de e-books para escritores

A Paradoxum se propõe a cuidar de tecnicalidades para permitir que autores cuidem apenas do texto

Publicado em 04/05/2017, às 06h20

O Paradoxum quer atender escritores de todo o Brasil / Reprodução
O Paradoxum quer atender escritores de todo o Brasil
Reprodução
JC Online

Foi ao observar a dificuldade de escritores e pequenas editoras para lidar com as inúmeras etapas e tecnicalidades da edição de e-books que a empresa Paradoxo Zero, sediada em Brasília e no Recife, começou a pensar em atender essa demanda. Surgia assim a Paradoxum, focada em oferecer um atendimento especial para quem lançar um e-book nas principais plataformas de venda do país. A empresa oferece uma palestra de apresentação nesta quinta (4/5), às 19h, no auditório do Porto Digital (Rua do Apolo, 235, Bairro do Recife).

Não se trata de uma editora, é bom frisar: a Paradoxum é um serviço pago, que pode incluir a diagramação, conversão e até revisão do material. “A gente quer que o autor se preocupe com a literatura dele, com a concepção de um trabalho. A gente se preocuparia com o restante, dentro das ideias do autor. Pegamos um documento simples e trabalhamos com ele até chegar nas prateleiras virtuais”, explica Fabiola Blah, gerente-executiva do projeto.

Segundo ela, a empresa surgiu dessa demanda de autores por e-books bem feitos. “Nós nos comprometemos a fazer o projeto para que o escritor não se preocupe com nenhuma tecnicalidade ou questão de compatibilidade entres os vários leitores de e-books”, define Fabiola. O custo do serviço pode variar não é divulgado e pode variar, dependendo da complexidade da obra.



MERCADO DE E-BOOKS

A sede no Recife já existia como parte da Paradoxo Zero – a Paradoxum é um desdobramento dela. “Reunimos nosso conhecimento nesse braço editorial. Começamos aqui por essa facilidade de sede, não é por nenhuma observação de um mercado de e-books”, comenta. Atualmente, o mercado de e-books responde por 10% do mercado de livros no Brasil – nos Estados Unidos, a participação do digital varia entre 20% e 25%.

Plataformas de vendas de e-books, como a própria Amazon, oferecem modelos simplificados de edição de e-books. Existem também sites como o Autografia, Cia do E-book, entre outros.

A Paradoxum promete ceder, em casos específicos, até 70% do valor do livro como direito autoral para os escritores – é, segundo Fabiola, um valor maior do que as grandes casas editoriais costumam cobrar, mas é semelhante ao que a Amazon oferta. “Editoras tradicionais acabam querendo aplicar na edição digital a mesma estratégia dos livros físicos, que são caros por conta da impressão e da circulação. Acreditamos que os livros digitais têm menos custos e deviam ser mais baratos”, afirma Fabiola.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM