Jornal do Commercio
Intimista

Lysias Enio traz novo show para o Recife

Cantoras Verônica Padrão e Jacinta Pinheiro e pianista George Aragão interpretam canções do compositor, que agora mora em Candeias

Publicado em 26/03/2013, às 06h00

'Para os íntimos, muito prazer': George, Lysias, Verônica e Jacinta dividem o palco / Ricardo B. Labastier/JC Imagem

'Para os íntimos, muito prazer': George, Lysias, Verônica e Jacinta dividem o palco

Ricardo B. Labastier/JC Imagem

Marcos Toledo

O compositor carioca Lysias Enio, 76 anos, recebe a equipe do JC na porta do Estúdio Via Brasil, em Candeias (Jaboatão dos Guararapes, a poucos metros de Barra de Jangada). Logo na porta nos pede um cigarro – fato curioso tendo em vista que, de 1969 a 1972, ele trabalhou como economista da filial de uma indústria de cigarros no Recife. Mas, para o autor, este tempo já se foi. Agora ele se considera ex-economista – até rasgou sua carteira profissional e deu baixa no Crea. Aposentado, Lysias conta, ainda do lado de fora, no fumódromo, que trocou definitivamente o Rio de Janeiro por Pernambuco. E, para completar essa nova fase em sua vida, volta a apresentar na capital pernambucana mais um show repleto de suas composições.

Irmão mais novo do pianista, acordeonista, arranjador, cantor e também compositor João Donato – com quem divide inúmeras parcerias –, Lysias Enio assina o roteiro, a direção e a mise-en-scène do show Para os íntimos, muito prazer, que acontece esta terça-feira (26/3), às 21h, no restaurante Mingus, em Boa Viagem. Quem interpreta suas canções – parcerias com inúmeros autores da música popular brasileira – é Verônica Padrão, pernambucana radicada em Rio Branco, no Acre, cidade natal da família do compositor, que canta acompanhada pelo pianista George Aragão. Outra voz bastante conhecida da obra de Lysias, a também cantora Jacinta Pinheiro, faz uma participação especial.

O repertório do show desta terça-feira traz ao todo 14 parcerias de Lysias com compositores como João Donato, Mário Adnet e Tito Madi. Em De um jeito diferente, por exemplo, ele presta uma homenagem ao cantor Emílio Santiago, que morreu na última quarta-feira (20/3) e interage com os intérpretes por meio de uma gravação no telão.

Leia a reportagem completa na edição desta terça-feira (26/3) do Caderno C do Jornal do Commercio.

Serviços

Show Para os íntimos, muito prazer - hoje, às 21h, no restaurante Mingus (Rua do Atlântico, 102, Boa Viagem. Reservas: 3465-4000/ 3327-6767). Couvert: R$ 20




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM