Jornal do Commercio
RECLAMAÇÃO

Johnny Hooker ironiza Jota Quest na programação do Carnaval do Recife

De fora da lista de convidados, o músico pernambuco disparou: “Jota Quest era mais importante”

Publicado em 02/02/2017, às 19h42

Johnny Hooker reclamou de não ter sido sequer convidado para fazer parte da programação / André Nery/JC Imagem
Johnny Hooker reclamou de não ter sido sequer convidado para fazer parte da programação
André Nery/JC Imagem
JC Online

Um dos mais celebrados cantores pernambucanos dos últimos anos, Johnny Hooker ironizou nesta quinta (2) a ausência do seu nome na programação do Carnaval de 2017. “Aparentemente ter lançado o disco Pernambucano mais escutado da década não valeu nem a gentileza do convite”, disse, respondendo a um fã.

Além disso, Johnny disparou contra a presença do grupo Jota Quest na programação. “Jota Quest era mais importante”, ironizou. 

ABAIXO-ASSINADO

Antes do anúncio da programação, existiu até um abaixo-assinado virtual pedindo o show de Johnny Hooker no Carnaval do Recife. Foram mais de 500 assinaturas até o momento.

Aparentemente ter lançado o disco Pernambucano mais escutado da década não valeu nem a gentileza do convite. Jota Quest era mais importante. https://t.co/NIOFVdvsnr

— Johnny Hooker (@JohnnyHooker) 2 de fevereiro de 2017

Recomendados para você


Comentários

Por Ed1960,02/02/2017

Nação Zumbi,também não se apresentará no carnaval do recife.essa Prefeitura de Geraldin.é de uma incompetência deslumbrante.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM