Jornal do Commercio
OUVINDO E FAZENDO MÚSICA

Jam da Silva apresenta 'Nord' no Museu do Estado

Percussionista, compositor e cantor apresentará, em tom mais intimista, as canções de seu segundo disco

Publicado em 17/03/2017, às 10h00

Jam tem trabalhado em álbuns de outros artistas e se prepara para iniciar turnê na Europa / Foto: Tatiana Azevedo/Divulgação
Jam tem trabalhado em álbuns de outros artistas e se prepara para iniciar turnê na Europa
Foto: Tatiana Azevedo/Divulgação
NATHÁLIA PEREIRA

O convidado do projeto Ouvindo e Fazendo Música no Museu do Estado deste sábado será o percussionista, cantor e compositor Jam da Silva. Acompanhado pelos músicos Rogério Samico e André Alencar, o pernambucano apresentará as canções do álbum Nord (2014) em versões mais intimistas. O trompetista Márcio Oliveira fará participação especial.

Lançado no fim de 2014, Nord partiu da curiosidade de Jam pelas peculiaridades da música feita no Sertão nordestino e as produzidas na Islândia, país nórdico onde passou temporada. A apresentação de amanhã continua a divulgação do registro, que ganhará novos ares em breve. “O disco circulou pelo Brasil e América Latina e agora vai ter uma saída pra Europa, tô nesse momento. Antes, passo por BH, RJ e SP”, comenta ao telefone.

A apresentação no Mepe, detalha, foi pensada especialmente para o espaço. “Geralmente uso mais músicos, sopros, samplers, bateria. No Museu vai ser uma coisa mais contemplativa, mas não menos 'power'”.

Além da continuação da turnê, Jam tem circulado também por trabalhos de outros músicos, produzindo e gravando com gente da nova cena nacional, entre os quais as paulistas Mariana Aydar e Luisa Maita. Depois de concluídas as atuais empreitadas, deve dar continuidade à retomada da Orchestra Santa Massa, com Isaar, Maciel Salú, Fábio Trummer e DJ Dolores.

OUÇA NORD, SEGUNDO ÁLBUM DE JAM DA SILVA:

Serviços

Ouvindo e Fazendo Música com Jam da Silva, participação de Márcio Oliveira – Amanhã, às 17h, no Museu do Estado. Avenida Rui Barbosa, 960, Graças. Ingressos: R$ 6 e R$ 3 (meia-entrada). Fone: 3184–3174.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM