Jornal do Commercio
ROMANTISMO

Festival da Seresta terá Fernando Mendes, Kátia e Agnaldo Timóteo

Evento começa hoje em homenagem aos anos 1960 com shows de Mozart, Almir (ex-Fevers), Adilson Ramos e Os Tártaros

Publicado em 10/05/2017, às 09h39

Agnaldo Timóteo é uma das principais atrações / Foto: Divulgação
Agnaldo Timóteo é uma das principais atrações
Foto: Divulgação
JC Online

De hoje até sábado, a Praça do Arsenal recebe a 23ª edição do Festival Nacional da Seresta. Com apoio da Prefeitura do Recife, o evento oferece shows gratuitos de artistas que fizeram a trilha sonora dos apaixonados dos anos 1960 e 1970.

Um dos destaques deste ano é Wanderley Cardoso. Estrela da Jovem Guarda, com mais de 80 discos lançados e cerca de 16 de milhões de cópias vendidas, ele ficou distante dos palcos por anos e teve problemas com alcoolismo e depressão. Mas recuperou-se, adquiriu uma pousada e desde 2012 está fazendo apresentações com regularidade. Além de seus próprios sucessos (o maior deles, O Bom Rapaz), Wanderley fará uma homenagem ao parceiro Jerry Adriani, falecido no mês passado, depois de ter participado de dez edições do festival.



Lançada por Roberto Carlos nos anos 1980, a cantora Kátia reforça a programação do Festival da Seresta. Intérprete do hit Qualquer Jeito (Não está sendo fácil), ela afastou-se do mundo musical para se dedicar em projetos de ajuda a deficientes visuais e também formou-se em radialismo. Em 2012, decidiu voltar a cantar. Entre os artistas locais estão Karina Spinelli, Mevinha Queiroga, Os Tártaros, Augusto César, Mozart e a banda Som da Terra em show com repertório de músicas do Roupa Nova.

VEJA A PROGRAMAÇÃO:

HOJE (10) – NOITE DOS ANOS 60

20h00 – Mozart
21h00 – Os Tártaros
22h30 – Almir Ex-Fevers
00h00 – Adilson Ramos

AMANHÃ – NOITE DOS ANOS 70

20h00 – Mevinha Queiroga
21h00 – Augusto César
22h30 – Kátia
00h00 – Gilliard

SEXTA-FEIRA (12) – NOITE ROMÂNTICA

20h00 – Maria Dapaz
21h00 – Los Cubanos
22h30 – Wanderley Cardoso
00h00 – Agnaldo Timóteo

SÁBADO (13) – NOITE DAS MÃES

20h00 – Karina Spinelli
21h00 - Som da Terra canta Roupa Nova
22h00 – Cristina Amaral canta Núbia Lafayette
23h00 – Leonardo Sullivan
00h00 – Fernando Mendes


Recomendados para você


Comentários

Por Antonio Gomes Ferreira Filho,10/05/2017

Quem vai garantir a segurança para voltar para casa?



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM