Jornal do Commercio
Homenagem

Orquestra Criança Cidadã toca Despacito em evento na Câmara do Recife

Cerimônia prestou homenagem ao conjunto de jovens e o desembargador Nildo Nery, idealizador da OCC

Publicado em 15/06/2017, às 14h40

A vereadora Aline Mariano organizou a homenagem à Orquestra na Câmara Municipal do Recife. / Foto: Manu Alves/Divulgação
A vereadora Aline Mariano organizou a homenagem à Orquestra na Câmara Municipal do Recife.
Foto: Manu Alves/Divulgação
JC Online

Na manhã desta quinta-feira (15), os jovens da Orquestra Criança Cidadã emocionaram a todos durante a entrega da placa realizada pela vereadora Aline Mariano na Câmara Municipal do Recife.

O evento foi também para homenagear o desembargador Nildo Nery, idealizador do projeto, que já está há 11 anos ajudando crianças e adolescentes de comunidades pobres da cidade a reconhecer os seus talentos. A ele, foi entregue a Medalha de Mérito José Mariano.



Segundo a Vereadora, a homenagem foi justa para um projeto tão bonito. "Me sinto honrada e emocionada em fazer essa homenagem e saibam que essa parceria já está dando certo", disse Aline.

A Orquestra Criança Cidadã encerrou a cerimônia tocando o clássico Asa Branca, de Luiz Gonzaga. E já no salão nobre da Câmara, tocaram o hit do momento Despacito, fechando a apresentação.

VEJA UM TRECHO DA APRESENTAÇÃO DE DESPACITO:

 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM