Jornal do Commercio
ROCK

Foo Fighters mostra nova música e filha de Dave Grohl toca bateria

As duas novidades do grupo foram apresentadas em um festival realizado na Islândia

Publicado em 19/06/2017, às 11h03

Participação do Foo Fighters em festival islandês foi cheia de novidades / Reprodução
Participação do Foo Fighters em festival islandês foi cheia de novidades
Reprodução
Estadão Conteúdo

A banda norte-americana Foo Fighters fez um show memorável no último final de semana em um festival realizado na Islândia. Além de apresentar a inédita faixa Lah Di Da, o grupo chamou ao palco a filha de Dave Grohl, Harper, para tocar bateria.

Após Harper ser introduzida pela banda, Dave Grohl explicou que a filha, de oito anos, pediu para aprender a tocar bateria. "Eu disse, 'você quer que eu te ensine?', e ela respondeu que sim. Eu perguntei, 'você quer ficar em frente a 20 mil pessoas na Islândia e tocar?', e ela disse 'sim'."



A música escolhida para Harper foi We Will Rock You, do Queen, a primeira canção que aprendeu a tocar.

INÉDITA

No mesmo show, a banda apresentou a inédita Lah Di Da, mais um indício que um novo álbum está a caminho, após o lançamento do single Run.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM