Jornal do Commercio
MANAUS

Catra fala de facção por trás de chacina de 56 presos e é investigado

Cantor fez referências à traficantes e elogio à facção Família do Norte em seus versos

Publicado em 22/06/2017, às 08h44

O funkeiro Mr. Catra / Foto: Divulgação
O funkeiro Mr. Catra
Foto: Divulgação
JC Online

O funkeiro Mr. Catra virou caso de polícia por conta de um vídeo em que canta um funk que faz referência à Família do Norte, terceira maior facção criminosa do país, de acordo com a Polícia Federal. Mais conhecida como FDN, a organização foi responsável pela chacina que deixou 56 mortos em presídio no Amazonas, no começo do ano.

Em vídeo divulgado pelo jornal A Crítica, Mr. Catra canta versos que citam Ronny e Coquinho, que seriam aliados do traficante João Pinto Carioca, o João Branco. A letra faz elogios à facção ("responsa" e "presença") e cita também "os trafica da Compensa", um bairro de Manaus.



O delegado geral adjunto da Polícia Civil, Ivo Martins, afirmou que está investigando a conduta do músico a partir do vídeo. "Catra vai ter que prestar depoimento aqui ou por precatória, de onde ele estiver. É muito cedo para falar em algum envolvimento dele com o tráfico", contou ao portal UOL.

O empresário do funkeiro, Alex Calil, disse que não houve intimidação e que Catra responderá em juízo.

VEJA O VÍDEO:


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM