Jornal do Commercio
Parceria

Fernando e Sorocaba lançam clipe de 'Menina Pipoco' com Nego do Borel

Nova música, lançada nesta sexta-feira (14), mistura funk e sertanejo

Publicado em 14/07/2017, às 17h00

Nego do Borel divide os vocais com a dupla Fernando e Sorocaba em 'Menina Pipoco'. / Foto: Divulgação
Nego do Borel divide os vocais com a dupla Fernando e Sorocaba em 'Menina Pipoco'.
Foto: Divulgação
JC Online

A dupla Fernando e Sorocaba lançou nesta sexta-feira (14), a música Menina Pipoco. Com participação de Nego do Borel, a faixa ganhou um clipe que foi gravado em um aeroporto particular na cidade de Espirito Santo do Pinhal, interior de São Paulo.

Fernando e Sorocaba usaram efeitos especiais para dar vida ao videoclipe. Uma das técnicas usadas para a filmagem foi a de plano-sequência, onde a ação é registrada em uma sequência inteira, sem cortes. A direção do vídeo foi feita por Sorocaba e Fernando Hiro.

A música Menina Pipoco é uma mistura de sertanejo com funk e resultou em um ritmo diferente para não deixar ninguém parado. Com essa junção musical, teremos também o casamento de públicos distintos, mas que se encontrarão ao ouvir a faixa.



“Desde que ouvimos essa música pela primeira vez, sabíamos que ela ia ficar na cabeça do povo. Ela é muito pra cima, animada do começo ao fim. Na hora pensamos em chamar o Nego para gravar conosco. Ele é um cara muito alto astral e não tinha como não contar com a participação dele”, disse Fernando.

Sorocaba completa: “Foi incrível a gravação. O videoclipe vai ficar muito bacana. Usamos inovações tecnológicas nele e fizemos algo bem diferente dos nossos outros clipes. Essa música com certeza será um ‘pipoco’”.

CONFIRA O CLIPE DE MENINA PIPOCO:


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM