Jornal do Commercio
Polêmica

Maioria dos internautas a favor de que Kleber Mendonça não participe do governo interino de Temer

Para 82% dos participantes da enquete do JC Online, cineasta deveria se exonerar da Coordenadoria de Cinema da Fundaj por não reconhecer o governo como legítimo

Publicado em 20/05/2016, às 13h03

Equipe de Aquarius protesta no Festival de Cannes / AFP
Equipe de Aquarius protesta no Festival de Cannes
AFP
JC Online

O protesto que o cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho realizou durante o 69º Festival de Cannes, na França, quando apresentou o filme Aquarius com a sua equipe na competição oficial, teve ampla repercussão na imprensa e nas redes sociais. Enquete realizada pelo JC Online perguntou aos internautas se, diante da afirmação de “há um golpe em curso no Brasil”, não reconhecendo o governo interino de Michel Temer, ele deveria (ou não) pedir exoneração da coordenação de Cinema da Fundação Joaquim Nabuco. Um total de 3.243 internautas participaram da enquete, com 82% (2.670) deles opinando que Kleber deveria entregar o cargo, que ocupa há 18 anos, mantendo a coerência do seu discurso. Já 18% (573) defendem que ele permaneça.

Em nota divulgada na quinta-feira, o Ministério da Educação e Cultura (MEC), órgão ao qual está subordinada a Fundação Joaquim Nabuco, reafirmou “o respeito ao direito de expressão de todo e qualquer cidadão brasileiro, uma vez que vivemos em plena democracia. A manifestação do cineasta Kleber Mendonça Filho durante o festival de Cannes contra a vinculação do Ministério da Cultura ao Ministério da Educação é democrática e deve ser respeitada.” Em outro trecho da nota, o MEC adianta que “essa discussão sobre cargos na Fundação Joaquim Nabuco não está em pauta no Ministério. O assunto será definido pelo novo presidente da Fundação.” Por fim, “reconhece a importância e a dimensão do cinema pernambucano e nacional para a cultura do Brasil, assim como o talento do cineasta Kleber Mendonça Filho.”

Ainda em Cannes, onde aguarda o resultado da premiação da Palma de Ouro e negocia a exibição de Aquarius, que foi ovaciando após sua exibição, Kleber Mendonça Filho afirmou não ter sido comunicado oficialmente sobre as especulações a respeito do seu futuro na Fundaj. “A cidade do Recife inteira conhece o meu trabalho. Por sorte minha, os meus filmes também são conhecidos no Brasil e no mundo inteiro. Eles são um exemplo de investimento de dinheiro público e de resultado na tela e na cultura. Então, é um trabalho, por sorte minha, que tem como ser julgado pelo próprio público por sua existência e qualidade”, afirmou. Portanto, qualquer definição de sua parte só ocorreria após a chegada ao Recife.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM