Jornal do Commercio
ENTREVISTA

Whindersson Nunes: 'Política e tragédia tem na televisão toda hora'

Para o youtuber, de 22 anos, a internet só vai ganhar mais e mais espaço

Publicado em 30/01/2017, às 09h41

Aos 22 anos, Whindersson tem carro de luxo e circula o país fazendo shows de stand up comedy / Foto: Divulgação
Aos 22 anos, Whindersson tem carro de luxo e circula o país fazendo shows de stand up comedy
Foto: Divulgação
JC Online

Com vídeos simples e descontraídos, o piauiense Whindersson Nunes ficou famoso ao abordar a vida cotidiana com humor. Whindersson é responsável pelo canal com maior número de inscritos no Brasil e o segundo maior da América Latina, com mais de 16 milhões de seguidores. O sucesso é notável. Aos 22 anos, Whinderson já comprou tem um carro de luxo importado e roda o país com seu show de stand up.

Recentemente ele participou da gravação do clipe Vamos Acordar Esse Prédio, de Luan Santana, em Cuba. Em entrevista por email, Whindersson falou sobre o vídeo e a força da internet e youtubers no País.

JORNAL DO COMMERCIO - Você já tinha feito uma gravação cantando com Luan Santana nos bastidores do Prêmio Multishow e agora está gravando um vídeo clipe com ele. Como vocês ficaram se conheceram e ficaram amigos?

WHINDERSSON NUNES - Eu sempre gostei do trabalho dele e ele do meu, tivermos uma oportunidade de nos encontrarmos e ficamos amigos.  

JC - Pode falar um pouco mais sobre a gravação e sua participação no clipe?

WHINDERSSON - Eu não posso adiantar muito, pois é um projeto dele. 

CULTURA DOS YOUTUBERS

JC - Há muitos youtubers no País, mas, entre os mais populares, você é talvez o único Nordestino. Como enxerga isso?

WHINDERSSON - Ah, eu poderia ser de qualquer estado que seria o mesmo Whindersson que sou. 

JC - Como o Piauí e o Nordeste de modo geral influenciam o seu humor?

WHINDERSSON -Talvez pelas referencias que tenho, pelos modos em que vivemos e tal.

JC - Os youtubers se tornaram tão ou mais populares que atores e músicos. Como você enxerga essa ascensão dos youtubers no Brasil? Para você, por que eles ficaram tão populares?

WHINDERSSON -Falamos para um grande público, talvez essa seja a chave do sucesso.  Cada dia mais e mais a internet ganhará mais espaço.  

JC - Que artista você ainda sonha em conhecer e trabalhar junto?

WHINDERSSON - Ah, tanta gente, eu acho que seria injusto escrever todos os nomes aqui e acabar esquecendo alguns.  

JC - O Brasil vive um momento político conturbado. Enquanto isso, você criou uma legião de fãs apostando em um humor mais leve e simples em vídeos no estilo "faça você mesmo". Esse é o segredo do sucesso? 

WHINDERSSON - Talvez, eu nunca procuro tocar nesses assuntos polêmicos no meu canal, as pessoas estão ali para se divertirem, política e tragédia tem na televisão toda hora. 

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM