Jornal do Commercio
Festival

Artistas nacionais poderão se inscrever no edital do FIG 2017

Ano passado, Festival de Inverno de Garanhuns convocou exclusivamente atrações nordestinas

Publicado em 17/03/2017, às 14h47

Edital do Governo do Estado voltará a abarcar artistas de fora de Pernambuco / Marcelo Soares/Fundarpe/Divulgação
Edital do Governo do Estado voltará a abarcar artistas de fora de Pernambuco
Marcelo Soares/Fundarpe/Divulgação
JC Online

O Governo de Pernambuco, por meio da Secult-PE e da Fundarpe, lançou o Edital Nacional do Festival de Inverno de Garanhuns. A novidade é que, ao contrário do ano passado, quando foram convocadas excljusivamente atrações nordestinas, o FIG 2017 está aberto para artistas e grupos culturais de todo o país.

Como tradicionalmente ocorre, o FIG 2017 acontecerá em julho, com atividades de diferentes linguagesn artísticas. Com a abertura para artistas de outros estados, espera-se que a diversidade do festival seja ainda mais intensificada. 

"É hora de retomarmos o intercâmbio com as diversas expressões formadoras da cultura brasileira, um marco histórico do festival", comenta o Secretário Estadual de Cultura, Marcelino Granja.

Segundo Márcia Souto, presidente da Fundarpe, o festival é ainda "uma grande oportunidade de celebrarmos a riqueza cultural do povo brasileiro e promovermos ianda nossos grupos populares e artistas iniciantes.

Para o edital, shows, cortejos, performances, intervenções, recitais, vivências criativas, espetáculos, desfiles, exposições, mostras, ações de gastronomia e patrimônio cultural, entre outras atividades podem ser sugeridas.

INSCRIÇÕES

Os interessados em enviar propostas de programação devem acessar o edital e os formulários específicos disponíveis neste link. O período de inscrições presenciais ou por Correios é de 29 de março a 17 de abril.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM