Jornal do Commercio
PROGRAMAÇÃO

Casa Viva chega à 8ª edição com destaque para diversidade artística

Paralelo à exposição dos artistas nacionais, a Casa Viva realizará, aos sábados, Oficinas de Técnicas Manuais

Publicado em 11/04/2017, às 16h00

Paralelo à exposição dos artistas nacionais, a Casa Viva realizará, aos sábados, Oficinas de Técnicas Manuais  / Foto: Divulgação
Paralelo à exposição dos artistas nacionais, a Casa Viva realizará, aos sábados, Oficinas de Técnicas Manuais
Foto: Divulgação
JC Online

Com entrada gratuita, a Casa Viva, loja pop up itinerante, que se tornou um reduto de criadores nacionais, chega à sua 8ª Temporada no Riomar Shopping com 40 marcas de 10 capitais no dia 2 de maio. A loja itinerante terá as opções variam entre objetos de decoração, artes, livros, moda, papelaria e artesanato contemporâneo.

Paralelo à exposição dos artistas nacionais, a Casa Viva realizará, aos sábados, Oficinas de Técnicas Manuais para estimular o lado criativo e as habilidades à mão. A agenda apresentará temas variados como: Forração de cúpulas para luminárias, Estamparia através de recortes, Chelkboard, Crochê para iniciantes e Aquarela.



Os valores das Oficinas variam de 70 a 135 reais, com material incluso e as inscrições estarão abertas no local a partir do dia 02 de maio. Pela primeira vez a programação terá Workshops, gratuitos, com a participação de arquitetos e decoradores, para tirar dúvidas comuns como misturar cores, composições, arrumação de quadros, escolha de molduras e outras abordagens.

Temporada

Durantes 45 dias o público recifense poderá conhecer de perto um pouco da criatividade autoral genuinamente brasileira na Casa Viva pop up, que funcionará de 02 de maio a 15 junho no RioMar Shopping, piso L1.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM