Jornal do Commercio
Desabafo

Ex-namorado de George Michael diz não ter dinheiro para comprar comida

Fadi Fawaz usou suas redes sociais para fazer um desabafo

Publicado em 12/07/2017, às 12h15

Fadi Fawaz encontrou o corpo de George Michael em sua cama / Reprodução
Fadi Fawaz encontrou o corpo de George Michael em sua cama
Reprodução
Estadão Conteúdo

O ex-namorado do cantor George Michael, Fadi Fawaz, usou suas redes sociais para fazer um desabafo: desde que a estrela da música pop morreu, em dezembro de 2016, ele não tem dinheiro suficiente para comprar comida.

Tudo começou no último sábado, 8, quando ele postou dois tuítes: "George, estou faminto" e "George, estou com fome". Dois dias depois, postou uma série de mensagens em forma de desabafo.



SUSPEITAS

Ele misteriosamente insinua que "a verdade será descoberta", se referindo às circunstâncias da morte do cantor. Ele foi encontrado morto em sua cama por Fadi no dia de Natal de 2016.

Ele continuou: "O parceiro do ícone, além de lidar com o luto e de ser acusado de sua morte, também precisa se preocupar com a sua próxima refeição. Essa é a verdade hoje: o parceiro do ícone se recusou a vender histórias que valem milhões, mesmo passando fome". Fawaz tem sido envolvido em boatos sobre as circunstâncias da morte do ex-namorado.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM