Jornal do Commercio
Protesto

Miss Reino Unido devolve sua coroa ao ser pedida para perder peso

Zoiey Worlds afirmou que eventos mudaram muito na última década

Publicado em 30/08/2017, às 16h27

Zoiey usa manequim 40 e foi chamada de gorda pela organização do evento / Reprodução
Zoiey usa manequim 40 e foi chamada de gorda pela organização do evento
Reprodução
JC Online

A inglesa Zoiey Worlds já faz parte do mundo dos concursos de beleza há mais de 10 anos. Após uma pausa em sua carreira, ela voltou para mais um concurso de Miss e ganhou um título nacional. Porém, escolheu devolver a coroa após pedirem para que ela fizesse uma dieta para a próxima parte da competição.

"Era para ser uma experiência positiva, pois estes eventos mudaram muito na última década. Eu amo ver as misses promovendo caridade, educação e uma boa alimentação, além de curtirem a vida", a Miss explica em desabafo no Facebook.



OPINIÃO

"Mas fico triste que até hoje, ainda existem diretores destes concursos que acreditam que você precisa ser magra para ser bonita", afirmou a Miss Reino Unido. 

Zoiey usa o manequim 40 e foi chamada de gorda pela organização do evento. "Alguns de vocês podem achar que é covardia, mas eu não acho que é certo representar um concurso cuja ética eu não acredito", diz


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM