Jornal do Commercio
Literatura

José Luiz Passos e Rejane Gonçalves semifinalistas do Prêmio Oceanos

Prêmio Ocenos divulgou lista com 51 semifinalistas. A Cepe emplacou um livro

Publicado em 12/09/2017, às 10h55

José Luiz Passos é finalista com O Marechal de Costas aos Prêmios Oceanos e SP de Literatura / Alexandre Gondim/JC Imagem
José Luiz Passos é finalista com O Marechal de Costas aos Prêmios Oceanos e SP de Literatura
Alexandre Gondim/JC Imagem
Maria Fernanda Rodrigues
Estadão Conteúdo

Até o ano passado, podiam concorrer ao Prêmio Oceanos, herdeiro do Prêmio Portugal Telecom, obras de autores lusófonos que tivessem sido publicadas no Brasil. Este ano, não. O novo regulamento previu a inscrição de livros de escritores lusófonos publicados em qualquer lugar do mundo - desde que escritos e editados em português. E chegaram obras daqui, de Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Espanha e Quênia.

A lista de semifinalistas que o Itaú Cultural anuncia nesta terça-feira, 12, mostra uma maior presença de brasileiros (31) e portugueses (19). O angolano Pepetela, com Se o Passado Não Tivesse Asas, que acaba de chegar às livrarias brasileiras pela LeYa, é o único africano entre os concorrentes.

Alguns velhos conhecidos do prêmio voltam à disputa: o escritor pernambucano radicado na Califórnia José Luiz Passos, que já venceu (quando era Portugal Telecom), com O Sonâmbulo Amador, concorre agora com O Marechal de Costas (que também é finalista do Prêmio SP de Literatura), ambos publicados pela Alfaguara. Silviano Santiago, vencedor do primeiro Oceanos, com Mil Rosas Roubadas, está na lista com Machado, da Companhia das Letras. Elvira Vigna, que ficou em segundo lugar em 2015 com Por Escrito, tem seu último romance Como se Estivéssemos em Palimpsesto de Putas, os dois também pela Companhia das Letras, no páreo. Elvira morreu em 10 de julho, quando seu livro já havia sido inscrito - por isso, se ele vencer, seus herdeiros ficam com o prêmio.

A Cepe – Companhia Editora de Pernambuco emplacou na seleção O grande massacre das vacas, do escritor mineiro  Sérgio Corrêa de Siqueira, que havia conquistado o 1º Prêmio Cepe Nacional de Literatura. Aos 70 anos, A escritora pernambucana Rejane Gonçalves, também está presente entre os finalistas com O volume de contos Escrevo para Dinossauros, da Confraria do Vento.



O Oceanos, que não premia por gêneros, reconhece as quatro melhores ficções com R$ 100 mil, R$ 60 mil, R$ 40 mil e R$ 30 mil, respectivamente.

Algumas curiosidades da lista: 9 brasileiros concorrem com seus livros de estreia; 11 dos 19 portugueses nunca foram publicados no Brasil e 21 dos 31 brasileiros são inéditos em Portugal; 30 são homens e 21, mulheres. Do total de inscritos, 24 são romances, 18 livros de poesia, 8 de contos e 1 de crônica. E, proporcionalmente, Portugal, que concorreu com menos livros (176), emplacou mais autores (11% ante os 3% do Brasil, que inscreveu 1.031 títulos). 

Entre os semifinalistas estão Evandro Affonso Ferreira, Bernardo Carvalho, Daniel Galera, Leda Cartum, Martha Batalha, Annita Costa Malufe, Adriana Lisboa, Adília Lopes, Lídia Jorge e Afonso Cruz. A curadoria é da portuguesa Ana Sousa Dias e dos brasileiros Manuel da Costa Pinto e Selma Caetano.

OS PREMIADOS

Veja lista com os autores e obras selecionados.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM