Jornal do Commercio
Protesto

Artistas se acorrentam ao Teatro do Parque para exigir reabertura

Equipamento cultural está fechado desde 2010

Publicado em 25/01/2018, às 19h39

Artistas estão fazendo pressão pela reabertura do equipamento cultural / Ashlley Melo/JC Imagem
Artistas estão fazendo pressão pela reabertura do equipamento cultural
Ashlley Melo/JC Imagem
JC Online

Artistas e representantes da sociedade civil se reuniram ontem, em frente ao Teatro do Parque, na rua do Hospício, para cobrar a reabertura do icônico equipamento cultural. No ato, eles se acorrentaram ao portão do prédio histórico. Segundo o ator Diógenes D. Lima, a ação dá continuidade à pressão pública que os artistas têm feito, a exemplo da Virada Cultural, em agosto do ano passado.

A reforma do Parque contará com recursos da Prefeitura e do Ministério da Cultura para finalizar a fase estrutural. O MinC corrigiu a notícia da coluna Terceiro Ato de ontem que afirmava faltar apenas um gesto político para a liberação dos R$ 3 milhões aportados pela pasta, afirmando que o valor foi empenhado em 29 de novembro do ano passado e encontra-se no Tesouro Nacional. O dinheiro estará disponível quando sanadas as pendências da Prefeitura com questões técnicas da Caixa.

A PCR informou que fará a licitação para as obras de engenharia do Teatro, executando o trabalho com recursos próprios na ordem de R$ 2.652.904,38 até que consiga a liberação do MinC.



ASSISTA AO VÍDEO DO PROTESTO:

LEIA A NOTA DO MINC NA ÍNTEGRA:

Em relação à nota “Ato em prol do Parque”, publicada nesta quinta-feira (25/1), na coluna Terceiro Ato, do Jornal do Commercio, o Ministério da Cultura (MinC) esclarece que:

• Diferentemente do que informa a nota, o MinC ainda não liberou o repasse financeiro de R$ 3 milhões à Prefeitura Municipal de Recife (PMR) para reforma e ampliação do Teatro Parque porque a Prefeitura não sanou pendências técnicas relacionadas ao projeto de engenharia, conforme previsto na legislação vigente (Portaria Interministerial n.º 424/2016).
• A liberação do recurso independe de cerimônia política com a presença do ministro da Cultura.
• O valor total do repasse, de R$ 3 milhões, foi empenhado pelo MinC em 29 de novembro de 2017, e encontra-se no Tesouro Nacional. A liberação será solicitado pelo MinC quando sanadas as pendências da Prefeitura.
• Pelo contrato firmado entre a Prefeitura e a União, por intermédio do MinC, representado pela Caixa Econômica Federal (mandatária da União, responsável pela operacionalização dos contratos de repasse relativos à infraestrutura, no âmbito do MinC), é de responsabilidade do MinC fiscalizar a Caixa, que acompanha a execução física e financeira da operação, enquanto cabe à Prefeitura apresentar os projetos, licitar e executar a obra.
• A vigência do contrato vai até 17 de setembro de 2018, podendo este prazo ser renovado por mais 9 meses.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior
Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM