Jornal do Commercio
Protesto

Artistas se acorrentam ao Teatro do Parque para exigir reabertura

Equipamento cultural está fechado desde 2010

Publicado em 25/01/2018, às 19h39

Artistas estão fazendo pressão pela reabertura do equipamento cultural / Ashlley Melo/JC Imagem
Artistas estão fazendo pressão pela reabertura do equipamento cultural
Ashlley Melo/JC Imagem
JC Online

Artistas e representantes da sociedade civil se reuniram ontem, em frente ao Teatro do Parque, na rua do Hospício, para cobrar a reabertura do icônico equipamento cultural. No ato, eles se acorrentaram ao portão do prédio histórico. Segundo o ator Diógenes D. Lima, a ação dá continuidade à pressão pública que os artistas têm feito, a exemplo da Virada Cultural, em agosto do ano passado.

A reforma do Parque contará com recursos da Prefeitura e do Ministério da Cultura para finalizar a fase estrutural. O MinC corrigiu a notícia da coluna Terceiro Ato de ontem que afirmava faltar apenas um gesto político para a liberação dos R$ 3 milhões aportados pela pasta, afirmando que o valor foi empenhado em 29 de novembro do ano passado e encontra-se no Tesouro Nacional. O dinheiro estará disponível quando sanadas as pendências da Prefeitura com questões técnicas da Caixa.

A PCR informou que fará a licitação para as obras de engenharia do Teatro, executando o trabalho com recursos próprios na ordem de R$ 2.652.904,38 até que consiga a liberação do MinC.



ASSISTA AO VÍDEO DO PROTESTO:

LEIA A NOTA DO MINC NA ÍNTEGRA:

Em relação à nota “Ato em prol do Parque”, publicada nesta quinta-feira (25/1), na coluna Terceiro Ato, do Jornal do Commercio, o Ministério da Cultura (MinC) esclarece que:

• Diferentemente do que informa a nota, o MinC ainda não liberou o repasse financeiro de R$ 3 milhões à Prefeitura Municipal de Recife (PMR) para reforma e ampliação do Teatro Parque porque a Prefeitura não sanou pendências técnicas relacionadas ao projeto de engenharia, conforme previsto na legislação vigente (Portaria Interministerial n.º 424/2016).
• A liberação do recurso independe de cerimônia política com a presença do ministro da Cultura.
• O valor total do repasse, de R$ 3 milhões, foi empenhado pelo MinC em 29 de novembro de 2017, e encontra-se no Tesouro Nacional. A liberação será solicitado pelo MinC quando sanadas as pendências da Prefeitura.
• Pelo contrato firmado entre a Prefeitura e a União, por intermédio do MinC, representado pela Caixa Econômica Federal (mandatária da União, responsável pela operacionalização dos contratos de repasse relativos à infraestrutura, no âmbito do MinC), é de responsabilidade do MinC fiscalizar a Caixa, que acompanha a execução física e financeira da operação, enquanto cabe à Prefeitura apresentar os projetos, licitar e executar a obra.
• A vigência do contrato vai até 17 de setembro de 2018, podendo este prazo ser renovado por mais 9 meses.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM