Jornal do Commercio
Relacionamento

Fãs de Luan Santana atacam ex-BBB Emilly após show do cantor: 'Cilada'

Os fãs do sertanejo que criaram a hastag #LuanCuidadoComAEnchente no Twitter, para manifestarem a sua insatisfação em ver os dois juntos

Publicado em 17/04/2017, às 17h00

Emilly e Luan Santana / Instagram/ Reprodução
Emilly e Luan Santana
Instagram/ Reprodução
JC Online

Após vencer o Big Brother Brasil 2017, Emilly vem aproveitado sua nova vida de milionária. No Rio de Janeiro, ontem (16), tietou e dançou com Luan Santana que cantava no Vivo Rio. Porém, o encontro entre os dois desencadeou criticas dos fãs do sertanejo que criaram a hastag #LuanCuidadoComAEnchente no Twitter, recordando a inundação que enfrentou no Rio Grande do Sul.

O que houve?

As redes sociais não pararam um minuto se quer, entre ontem (16) e hoje (17), depois desse ocorrido. "Corre que é cilada", ironizou uma. "Foge, Luan! Marmita de sertanejo! Pergunta pro Juliano. É uma pistoleira!", atacou outra, recordando o namoro da ex-BBB com a dupla de Henrique. "Medo do Luan com essa garota", escreveu outra. "Ele tem é que se benzer depois de estar perto dessa kids!", brincou mais uma.



 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM