Jornal do Commercio
Amigos

'Temos uma boa relação', diz Cauã Reymond sobre Grazi Massafera

Ator falou sobre o relacionamento com a ex-esposa e a filha Sofia, fruto do casal

Publicado em 09/08/2017, às 20h13

Cauã Reymond participou do 'Conversa com Bial' desta terça-feira (8). / Foto: Ramón Vasconcellos/TV Globo
Cauã Reymond participou do 'Conversa com Bial' desta terça-feira (8).
Foto: Ramón Vasconcellos/TV Globo
JC Online

No programa Conversa Com Bial, da TV Globo, desta terça-feira (8), o ator Cauã Reymond abriu o coração para falar sobre paternidade, um dos papéis que mais gosta de exercer ao lado de Sofia. Ele disse o quanto a paternidade o mudou e que hoje organiza sua agenda em função da filha. Ele falou também sobre a guarda compartilhada com a ex-esposa, a atriz Grazi Massafera.

“No Rio de Janeiro, é fácil ter a guarda compartilhada e isso foi muito bom. O conselho que me deram quando eu e Grazi nos separamos era ‘viva perto da sua filha e da ex-mulher’. Temos uma boa relação e conseguimos nos organizar", explicou Cauã sobre como funciona com ele e Grazi.

Cauã falou sobre a rotina bem dividida entre eles: "Nossa vida com Sofia é próxima. A gente mora no mesmo bairro, a Sofia estuda há dois minutos da minha casa. Tenho dois dias a menos, o que me incomoda, mas a gente tem uma boa relação. E a Sofia lida bem com isso, melhor que os pais, me surpreende".

Mas o ator também disse que tenta lidar com a saudade quando a filha está longe. “Estava trabalhando na Itália, fui pra semana de moda e tirei uns dias depois para conhecer Sardenha, Toscana e já estava morrendo. Quando cheguei a Roma, comecei a trocar emoji com minha filha. E não sou um cara de trocar emoji", disse ele, aos risos.

Cauã Reymond disse que tenta explicar sobre a fama para a filha. “Acho uma coisa muito difícil o fato de que você tem muito orgulho do seu filho e, hoje em dia, com as redes sociais, a gente quer exibir nossa cria, percebo isso com meus colegas. Mas tento ser mais cauteloso, ela é muito nova. Ela precisa fazer essa escolha”, comenta.

O pai da Sofia revelou um pouco de sua rotina: “Há dois dias, não durmo. Ela estava gripadinha quando voltei da viagem. Estou aqui meio virado. Tento tirar as manhãs, deixei de ser surfista, tento malhar rápido. Me organizo de acordo com a agenda dela, o que deixa as pessoas muito nervosas. Eu e Grazi quebramos muito o galho um para o outro”.



Cauã diz que a boa comunicação com Grazi faz toda a diferença. “Você precisa ligar delicadamente e falar. Só tenho a agradecer a Grazi. Quando preciso ficar fora, ela entende e a parceria é recíproca", afirmou.

Os atores tentam sempre tomar decisões juntos no que se refere à Sofia: “A gente conversa muito, principalmente em alguns momentos mais importantes. Por exemplo, quando ela foi entrar na parte bilíngue da escola. No primeiro ano, ela não se adaptou e eu insisti, achava que era importante. Aí a Grazi falou: 'Acho que não, ela ainda não está no processo', e eu entendi".

Cauã deu mais detalhes de sua vida com a menina: “Moro em um condomínio onde minha casa fica com a porta aberta e as dos outros vizinhos também. E ela tem um grupo de amigas lá. Se tem alguma coisa em que acertei foi morar ali. Uma das coisas que mais gosto é estar nesse movimento com ela", argumenta.

CIÚMES

O ator confessa que já sente ciúmes de sua filha: “Acho bonito quando a filha conta as coisas para o pai, mas sou ciumento. Me lembro um dia em que um menino da escola dela foi ao condomínio e a porta estava aberta. Ele falou : ‘Oi, Sophia’. Ela colocou o tamanco da 'Pequena Sereia' e foi lá: ‘Oi, Ângelo’. Fiquei meio assim...", disse.

Ele prosseguiu: "Agora ela falou que estava com um namoradinho, o Dudu, e achou que eu não tinha ouvido. Fingi que não ouvi e perguntei quem era o Dudu. Ela falou que eu não ia gostar de saber. Falei para ela chamá-lo para brincar em casa (risos).”


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM