Jornal do Commercio
Aceitação

Acelino Popó comenta relação com filho gay: 'Me apresentou namorado'

Ex-lutador defende a orientação sexual do rapaz de 17 anos

Publicado em 11/08/2017, às 21h02

Acelino Popó Freitas declarou abertamente que aceita o filho homossexual. / Foto: Acelino Popó/Facebook/Reprodução
Acelino Popó Freitas declarou abertamente que aceita o filho homossexual.
Foto: Acelino Popó/Facebook/Reprodução
JC Online

O ex-lutador de boxe Acelino Popó Freitas, de 41 anos, tetracampeão mundial, abriu o coração às vésperas do Dia dos Pais. De acordo com o jornal Extra, o ex-atleta falou abertamente sobre sua relação com o filho gay, de 17 anos.

“Estou aqui, em primeira mão declarando para vocês: ‘Eu tenho um filho de 17 anos que é gay. Meu tratamento com ele é de igual para igual. Tem muitos pais que até num dia como o de hoje botam para fora, maltratam. Mesmo sendo lutador de boxe, que tem aquela coisa do machismo, do homem que bate, temos que tratar nossos filhos como nossos amigos. Se não tratarmos bem em casa, na rua vão maltratá-los”, disse em entrevista à apresentadora Daniela Albuquerque no programa Sensacional, da RedeTV!.



Popó lembrou do momento em que o filho contou para ele que era homossexual: “Eu nunca desconfiei de nada. Meus irmãos, primos diziam: ‘Tio, o senhor não está vendo nada diferente?. Eu dizia que não, porque sempre criei meus filhos como homem e serão a mesma pessoa pra mim o resto da vida. Chamei pra conversar e ele disse que ainda não tinha se identificado, mas que sentia atração por meninos. Pouco tempo depois disso, me apresentou namorado”.

SEM PRECONCEITO

Nas redes sociais, o ex-pugilista já havia revelado a orientação sexual de seu filho. No dia 28 de junho, ele postou em seu Instagram uma imagem de um coração nas cores do arco-íris (símbolo do orgulho LGBT) e escreveu na legenda: "Meu filho é e daí? #respeito"


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Psicólogo,13/08/2017

ORIENTAÇÃO SEXUAL não se escolhe. Faltou estudar um pouco a respeito do "tema" para não reproduzir senso comum, como o ocorrido nessa matéria.

Por Wil,13/08/2017

Opção sexual e escolha da mesma forma que Daniella Mercury escolheu tornar-se homossexual. Simples assim.

Por George,12/08/2017

Que "matéria" péssima! É por isso que não está assinada? Por ser um simples caça clique? Vocês chamam esse texto mal escrito de jornalismo? De que opção vocês estão falando? De que escolha? Publicar uma coisa dessas é muita falta de vergonha na cara!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM