Jornal do Commercio
Alerta

Junior Lima relata acidente grave com sua cadela

Músico contou aos seus seguidores sobre o estrangulamento de sua pitbull Bruna

Publicado em 07/09/2017, às 17h00

Junior Lima ao lado de sua cadela Bruna. / Foto: Instagram/@junior_lima/Reprodução
Junior Lima ao lado de sua cadela Bruna.
Foto: Instagram/@junior_lima/Reprodução
JC Online

O músico Junior Lima, irmão da cantora Sandy, usou o seu Instagram Stories na tarde desta quinta-feira (7) para contar aos seguidores sobre um acidente que sua cadela pitbull, Bruna, sofreu há dois dias.

De acordo com o artista, a cadela foi estrangulada, sem querer, ao ser puxada para o teto do elevador por 24 andares do prédio onde mora, através da guia que estava presa no pescoço dela. O acidente aconteceu com um funcionário dele.



Segundo Junior, as imagens - captadas pelo circuito interno do condomínio - eram muito fortes para serem divulgadas nas redes sociais. "Ela não morreu por um milagre mesmo", frisou o cantor, que resolveu fazer um alerta: "Não deixem os cachorros sozinhos com a guia no pescoço se você tiver chamado o elevador. Não brinquem com o elevador. É coisa muito séria", finalizou.

VEJA O DEPOIMENTO DE JUNIOR NA ÍNTEGRA:


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM