Jornal do Commercio
Família real

Irmã de Meghan Markle diz que planejou fotos do pai da atriz

A irmã de Meghan, Samantha Grant, afirma que sugeriu fazer as imagens porque 'a mídia estava, injustamente, fazendo com que Thomas Markle parecesse ruim'

Publicado em 14/05/2018, às 11h51

Fotos do pai de Meghan em um cibercafé, vendo fotos da filha com o príncipe na internet, circularam pela imprensa internacional / Foto: Jeff Rayner / Coleman-Rayner
Fotos do pai de Meghan em um cibercafé, vendo fotos da filha com o príncipe na internet, circularam pela imprensa internacional
Foto: Jeff Rayner / Coleman-Rayner
Estadão Conteúdo

A meia-irmã de Meghan Markle, Samantha Grant, disse que foi ideia dela que o pai posasse para fotos combinadas previamente dias antes do casamento da atriz com o príncipe Harry. Ela afirmou ainda que Thomas Markle, de 73 anos, não organizou a cena para ganhos pessoais.

"A má impressão sobre o meu pai fazendo fotos encenadas é minha culpa", declarou Samantha, conforme mostrou o site "Evening Standard", que teve acesso às declarações que ela fez pelo Twitter (o perfil dela é bloqueado).

Fotos do pai de Meghan em um cibercafé, vendo fotos da filha com o príncipe na internet, circularam pela imprensa internacional nos últimos dias. Outras mostravam Thomas lendo um livro intitulado Imagens da Grã-Bretanha, se exercitando e tendo suas medidas tiradas para fabricação de um terno.

As imagens, de fato, foram feitas por um paparazzi, mas uma investigação do "Daily Mail" mostrou que tudo foi combinado. As fotos foram vendidas para jornais do mundo todo e teriam custado, juntas, cem mil libras, quase R$ 500 mil.



Imagens feitas por uma câmera de segurança mostram Thomas e o fotógrafo britânico Jeff Rayner chegando ao cibercafé, reservando um dos computadores e organizando a sessão de fotos. Confira abaixo o vídeo publicado pelo "Daily Mail":

RESPOSTA

"A mídia estava, injustamente, fazendo com que ele parecesse ruim, então eu sugeri que ele fizesse fotos positivas em seu benefício e para benefício da família real. Não fazíamos ideia de que ele seria aproveitado. Não foi por dinheiro", disse Samantha no tuíte, citando o perfil do Palácio de Kensington.

Toda a história veio após a família real oferecer apoio ao pai de Meghan e enviar cartas de advertência aos editores de jornais solicitando que ele e a família tivessem privacidade, informou o "Evening Standard".


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM