Jornal do Commercio
emprego

OIT diz que situação da geração nem-nem é preocupante

Até o final do ano, estimativa é que, em cada 100 jovens, 12,6 não terão emprego

Publicado em 11/08/2013, às 05h00

Raissa Ebrahim

Até o fim do ano, a previsão da Organização Internacional do Trabalho (OIT) é que 73,4 milhões de jovens estejam desempregados. Em cada 100 jovens, 12,6 não terão emprego. O nível é semelhante ao alcançado no pior momento da crise econômica, em 2009. A taxa é mais alta no Oriente Médio e Norte da África (23,7%). Na América Latina e Caribe, o percentual que não estuda nem trabalha é de 19,8%.

“É um fenômeno preocupante, causado pelo desalento diante da falta de oportunidades, que tem um potencial desestabilizador para nossas sociedades”, declarou a diretora regional da OIT para a América Latina e Caribe, Elizabeth Tinoco. A organização aponta que é preciso uma combinação de políticas ativas do mercado de trabalho, melhorias na educação e formação laboral, além de programas especiais de apoio o início da vida laboral, transição entre escola e trabalho e iniciativas de empreendimento juvenil.

O pacote está nos desejos de Emerson Tiago, 23 anos, cozinheiro, também de Nova Descoberta, há quatro meses sem trabalho. “Dilma precisa enxergar isso e pensar além da Copa”, pede. Diego e Diogo Cosmo já estão fora das estatísticas apontadas pelo IBGE. Completaram 26 anos este ano. Mas foi por alta de incentivo e orientação de que os dois estão desempregados, dependem da aposentadoria do pai e de bicos que a mãe faz, apesar de terem ensino médio completo e curso de informática. Recentemente Diego descobriu que a ex-namorada está grávida dele.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM