Jornal do Commercio
usuário

BC mostra o BB como o banco que mais atende reclamações do cliente

O BB conseguiu encerrar 585 queixas, enquanto o Santander resolveu 382 questionamentos e o Itaú solucionou 318 casos

Publicado em 15/10/2013, às 17h58

Da Agência Brasil

Brasília – O Banco Central divulgou nesta terça-feira (15) que as instituições financeiras com melhor resposta às reclamações de seus clientes, no mês de setembro, foram o Banco do Brasil, o Santander e o Itaú. O BB conseguiu encerrar 585 queixas, enquanto o Santander resolveu 382 questionamentos e o Itaú solucionou 318 casos.

De acordo com lista das centrais de atendimento ao público do BC, que relaciona 55 itens de possíveis irregularidades bancárias, as reclamações campeãs são sobre débitos não autorizados em conta-corrente, prestação de serviço irregular em conta-salário, cobrança de tarifa sobre serviços não contratados, restrições à portabilidade de crédito consignado em folha de pagamento e contratação de pacotes de tarifas sobre serviços.

O BC relaciona as demandas encerradas e não as reclamações recebidas por suas centrais de atendimento no mês em referência, e os bancos são divididos em dois grupos: com mais e com menos de 1 milhão de clientes. Também relaciona as administradoras de consórcios de acordo com os casos solucionados, e coloca Itaú, Luiza e HSBC Brasil como os consórcios com mais respostas à clientela.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM