Jornal do Commercio
POLÍTICA

Levy já entregou o cargo, diz jornal

Críticas à redução da meta fiscal já teriam sido feitas com saída acertada

Publicado em 16/12/2015, às 10h17

Ministro estaria apenas aguardando substituto / Agência Brasil

Ministro estaria apenas aguardando substituto

Agência Brasil

Editoria de Economia

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, já teria acertado sua saída e estaria no cargo ainda somente para dar tempo à presidente Dilma Rousseff encontrar um substituto. A informação está no jornal Valor Econômico desta quarta-feira (16). Deste modo, o anúncio da redução da meta fiscal - algo com que Levy não concordava - teria sido feito já sem contar com ele no governo.

De acordo com o Valor, o objetivo do governo é que a transição seja "o mais suave possível e discreta, para não assustar os mercados". Quando assumiu o cargo, em janeiro deste ano, no lugar de Guido Mantega, Levy foi bem acolhido pelo mercado, especialmente por sua experiência, que inclui o Banco Interamericano de Desenvolvimento e o Bradesco.



Mas a suavidade foi esquecida na terça-feira (15), quando Levy se posicionou contra o anúncio da meta de superávit primário para 2016 entre zero e 0,5% do PIB. Ele havia condicionado sua permanência no cargo à confirmação da meta em 0,7%, o que forçaria o governo a fazer mais ajustes.

"Acho [a redução] inconveniente. Acho um equívoco essa mistura da meta com o Bolsa Família; obviamente não fica de pé. A meta é a meta, e o Bolsa Família é o Bolsa Família. Acho que ninguém vai querer se esconder atrás do Bolsa Família para não tomar as medidas necessárias para o Brasil ir no rumo correto, de preservação de empregos e estabilidade e tranquilidade para as famílias", disse o futuro ex-ministro, segundo o Valor.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM