Jornal do Commercio
FISCALIZAÇÃO

Procon apreende brinquedos sem selo do Inmetro em loja no Recife

Ao todo, foram recolhidos 129 produtos, incluindo boias, óculos de mergulho, bancos desmontáveis e capacetes de proteção na loja Le Biscuit

Publicado em 20/09/2016, às 08h23

O selo do Inmetro só é concedido se o produto for aprovado em todos os testes aos quais for submetido / Foto: Divulgação
O selo do Inmetro só é concedido se o produto for aprovado em todos os testes aos quais for submetido
Foto: Divulgação
JC Online

O Procon apreendeu na tarde dessa segunda-feira (19) cerca de 129 brinquedos sem o selo do Inmetro, na Loja Le Biscuit, localizada no RioMar Shopping, na Zona Sul do Recife. Foram tirados de circulação boias, óculos de mergulho, patinetes,  bancos desmontáveis e capacetes de proteção.

Para ser comercializado no Brasil, todo brinquedo, independente de ser nacional ou importado, deve ser certificado. O selo do Inmetro só é concedido se o produto for aprovado em todos os testes aos quais for submetido.

ATACADO DOS PRESENTES

Na semana passada, o órgão apreendeu cerca de mil brinquedos sem selo do Inmetro no Atacado dos Presentes, no bairro da Torre, Zona Norte. A certificação é obrigatória para brinquedos utilizados por criança de até 14 anos. 

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM