Jornal do Commercio
FUNDO DE GARANTIA

Temer anuncia saque de contas inativas do FGTS

Segundo o presidente, a medida vai beneficiar 10,2 milhões de trabalhadores e não haverá limite para o saque

Publicado em 22/12/2016, às 09h39

Temer disse que o valor que poderá ser sacado deve alcançar R$ 30 bilhões / Foto: Agência Brasil
Temer disse que o valor que poderá ser sacado deve alcançar R$ 30 bilhões
Foto: Agência Brasil
Estadão Conteúdo

O presidente Michel Temer anunciou nesta quinta-feira (22), a permissão para os trabalhadores sacarem o saldo de suas contas do Fundo de garantia por Tempo de Serviço (FGTS)

Segundo o presidente, a medida vai beneficiar 10,2 milhões de trabalhadores e não haverá limite para o saque, mas disse que, segundo levantamento do Ministério do Planejamento, 86% das contas não ultrapassam um salário mínimo. 

Temer disse que o valor que poderá ser sacado deve alcançar R$ 30 bilhões, o que vai possibilitar uma injeção de recursos que vai movimentar a economia brasileira. O montante vai representar cerca de 0,5% do PIB, segundo cálculos do Planejamento. Ele ainda acrescentou que essa medida é importante para recompor a renda dos trabalhadores no momento atual difícil da economia. 

Temer frisou que a medida não vai por em risco os recursos do FGTS para os programas de saneamento e habitação. 

Atualmente, o trabalhador só pode sacar o saldo de suas contas inativas - que é criada quando ele sai de um emprego e vai para outro - quando se aposenta ou para comprar um imóvel. Há também uma possibilidade de movimentar essa conta se a pessoa ficar 3 anos desempregado.

Redução dos juros do rotativo do cartão

Temer também deu mais detalhes sobre a redução dos juros no cartão de crédito, que já havia sido citada na divulgação do pacote microeconômico na semana passada. Segundo ele, as mudanças no cartão de crédito acontecerão em duas opções: a redução dos juros do rotativo do cartão para a metade do que é cobrado hoje ou ainda menores para o parcelamento da dívida com o cartão de crédito. 

O presidente ainda confirmou que vai anunciar ainda nesta quinta, em reunião com sindicalistas e representantes de empresas, propostas de modernização da legislação trabalhista. Segundo ele, os dois grupos participaram da elaboração das alterações nas leis trabalhistas. Ele explicou que o Programa de Seguro-Emprego (PSE) será criado por medida provisória, uma vez que o Programa de Proteção ao Emprego (PPE) termina dia 31 de dezembro. Já as outras partes da reforma serão enviadas por projeto de lei pelo Congresso.

Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Valdir Amorim,26/12/2016

Concordo com todos os questionamentos acima citados, mas só temos uma explicação para tudo isso, CHAMADO DE GANANCIA, na bíblia já está escrito a muito tempo, onde o homem (ser humano) ia ser mais amante do $$$$$$ do que de si próprio. Pessoal, político só muda a mosca porque a "M" é a mesma, infelizmente sempre tiram do trabalhador, pensem na aposentadoria, quantos anos de idade podem se aposentar os políticos? Com quantos anos de contribuição os mesmos podem se aposentar? Não vou nem responder porque vocês iram ficar com vontade de não pagar mais impostos para esta corja chamado de políticos.

Por LYRA,23/12/2016

Eu só queria entender alguns pontos propostos por esse meliante, Michel TREME, principal subordinado do BANDIDO Renan Calheiros: 1 - Se a previdência Social está quebrada, dando prejuízo, coisa que sabemos ser pura mentira, porque ele está instituindo um novo REFIS que dá o direito de empresários também corruptos, quitem seus débitos junto a mesma com 20% em espécie e 80% com prejuízos fiscais? 2 - Se o País está em uma cise tão forte, outra mentira, a crise é mais politica que econômico/financeira, ele estará beneficiando as teles, inclusive a OI, empresa não séria? 3 - Porque ele não aumenta à arrecadação com o aumento de impostos e contribuições para os bancos? Logo, fica claro que realmente esse pessoal abastecem suas contas com dinheiro vindo de muitos ramos de atividades econômicas, proveniente de propinas pagas por CAIXA DOIS.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM