Jornal do Commercio
SISTEMA ELÉTRICO

Nordeste consumirá menos energia em fevereiro, estima a ONS

O Subsistema Sudeste/Centro-Oeste puxa a alta nacional da produção

Publicado em 17/02/2017, às 13h25

O Informe do Programa Mensal de Operação (IPMO) divulgado nesta sexta também aponta um aumento no custo de geração de energia nos submercados / Foto: Internet/Reprodução
O Informe do Programa Mensal de Operação (IPMO) divulgado nesta sexta também aponta um aumento no custo de geração de energia nos submercados
Foto: Internet/Reprodução
Estadão Conteúdo

Apesar do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) aumentar mais uma vez sua projeção para a carga de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) para fevereiro, passando a estimar 69 685 MW médios, o que corresponde a um crescimento de 1,1% ante o verificado no mesmo mês de 2016. A região Nordeste demandará menos produção de energia. Em vez de uma expansão de 6,8% na carga, agora a expectativa é +5,5%. A nova previsão no âmbito nacional corresponde a 215 MW médios adicionais em relação à estimativa anunciada na semana passada, de 69.470 MW médios (alta de 1,7%).

A nova previsão é resultado, principalmente, de uma expectativa de demanda maior para o principal centro de carga do País, o Subsistema Sudeste/Centro-Oeste. O operador agora estima uma carga de 40.994 MW médios no mês, alta de 1,7% na base anual (a projeção anterior apontava para aumento de 1%). Também foi revista para cima a carga para o Sul, de 12.275 MW para 12.411 MW - de uma crescimento de 0,8% para 2%. Já as regiões Nordeste e Norte tiveram os números revistos para baixo. No primeiro caso, em vez de uma expansão de 6,8% na carga, agora a expectativa é +5,5%. Já no Norte, a nova projeção aponta para queda de 0,7%, ante alta de 0,3%, estimada anteriormente.

O ONS também revisou as projeções de chuvas e armazenamento de água nos reservatórios das hidrelétricas. Agora, o operador espera precipitações em 75% da média histórica na área de influência dos reservatórios da região Sudeste, abaixo dos 80% estimados anteriormente. Com isso, no fim do mês os reservatórios da região devem estar em 41,8% de sua capacidade, acima dos 40,25% anotados na quinta-feira, mas abaixo dos 43,6% projetados anteriormente.

Por outro lado, foram revistas para cima as projeções de armazenamento para a região Norte, de 55% da média de longo termo (MLT) para 72%, Nordeste, de 31% para 34%, e Sul de 107% para 114%.

Com isso, os reservatórios dessas regiões devem se recuperar em fevereiro, encerrando o mês em 59,2% no caso da região Sul (ante os 56,19% de quinta), em 20,6% no Nordeste (de 19,21%) e em 44,3% no Norte (de 32,94%).

CMO

O Informe do Programa Mensal de Operação (IPMO) divulgado nesta sexta também aponta um aumento no custo de geração de energia nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul, enquanto no Nordeste e Norte o valor indica queda.

Para a semana entre 18 a 24 de fevereiro, o Custo Marginal de Operação (CMO) nos subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Sul foi fixado em R$ 113,10/MWh, acima dos R$ 103,09/MWh da semana passada. Já no Norte, o custo apresentou forte queda, passando de R$ 102,16/MWh para R$ 15,72/MWh. No Nordeste, o preço seguiu em trajetória de queda, de R$ 165,51/MWh para R$ 142,08. O CMO é utilizado como referência para a definição do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD).

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM