Jornal do Commercio
Fraude Eletrônica

Receita Federal alerta sobre fraude com o nome da instituição

O objetivo das fraudes é obter de forma ilegal informações dos consumidores

Publicado em 18/05/2017, às 16h35

A Receita fornece dicas de proteção cibernética aos cidadãos / Foto: Reprodução/Internet
A Receita fornece dicas de proteção cibernética aos cidadãos
Foto: Reprodução/Internet
Editoria de Economia

A Receita Federal alerta aos cidadãos sobre tentativas de fraude eletrônica envolvendo o nome da instituição e tentativas de aplicar golpes por e-mail.

As mensagens utilizam nomes e timbres oficiais e apresentam telas que misturam instruções verdadeiras e falsas, com o objetivo de obter ilegalmente informações fiscais, cadastrais e financeiras dos usuários.

Esclarecimentos

A Receita esclarece que na Declaração do Imposto de Renda da pessoa física deste ano foi solicitado o e-mail do contribuinte apenas para complementar o cadastro deles e que não envia mensagens eletrônicas sem a autorização do contribuinte, nem dá autorização para terceiros tomar tal procedimento.

A única forma de comunicação eletrônica com o contribuinte é por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), localizado em sua página virtual.



Cuidados do consumidor

1.Não abrir arquivos anexados, pois normalmente são programas executáveis que podem causar danos ao computador ou capturar informações confidenciais do usuário;

2. Não acionar os links para endereços da Internet, mesmo que lá esteja escrito o nome da RFB, ou mensagens como "clique aqui", pois não se referem à Receita Federal; e

3.Excluir imediatamente a mensagem.Para esclarecimento de dúvidas ou informações adicionais os contribuintes podem procurar as unidades da Receita.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM