Jornal do Commercio
CRISE NO PLANALTO

Taxas disparam e fecham nos limites de oscilação máxima

Após o pronunciamento de Temer, o dólar sobe a 7,41%, aos R$ 3,3785 no contrato para junho

Publicado em 18/05/2017, às 17h35

Diante da pressão pela saída de Temer, o mercado de juros entrou em pânico, pelo risco de paralisação das reformas e de interrupção do processo de flexibilização da política monetária / Foto: AFP
Diante da pressão pela saída de Temer, o mercado de juros entrou em pânico, pelo risco de paralisação das reformas e de interrupção do processo de flexibilização da política monetária
Foto: AFP
Estadão Conteúdo

O mercado de juros fechou com a maioria das taxas nos limites de oscilação máxima, que foram ampliados excepcionalmente nesta quinta-feira (18) nos quais permaneceram durante boa parte do dia, em função da crise institucional que assolou o País. Durante a tarde, algumas taxas até chegaram a, brevemente, sair das máximas, em linha com a redução de pressão vista na Bolsa e no dólar, por sua vez, atribuída à expectativa de renúncia do presidente Michel Temer. Em pronunciamento, porém, Temer afirmou: "não renunciarei".

Ao final da sessão regular, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para julho de 2017 (679.455 contratos) fechou em 10,760%, de 10,361% no ajuste de quarta-feira (17). O DI janeiro de 2018 (296.905 contratos) encerrou na máxima de 10,075%, de 8,975% no ajuste dessa quarta. A taxa do DI janeiro de 2019 (330.030 contratos), também no limite de alta, terminou em 10,41%, de 8,81%. Nos longos, a taxa do DI janeiro de 2021 (147 665 contratos) fechou na máxima de 11,39%, de 9,59%.

O estopim da crise foi a informação, divulgada ontem à noite, de que donos da JBS, Joesley Batista e seu irmão Wesley Batista, gravaram uma conversa em que Temer supostamente dá aval para a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na Operação Lava Jato. O senador Aécio Neves (PSDB) também foi gravado pedindo propina de R$ 2 milhões a Joesley Batista, segundo divulgou o jornal O Globo, que teve acesso à delação premiada dos sócios da JBS.



O Supremo Tribunal Federal (STF) afastou o senador Aécio Neves (PSDB) de seu cargo e o ministro Edson Fachin autorizou abertura de inquérito para investigar Temer.

Com isso, diante da pressão pela saída de Temer e o possível fim do atual governo, o mercado de juros entrou em pânico, pelo risco de paralisação das reformas e de interrupção do processo de flexibilização da política monetária, num momento em que os agentes vinham apostando fortemente na aceleração do ritmo de corte da Selic.

Já com a sessão regular encerrada, Temer fez um pronunciamento no qual diz que tentou mas não conseguiu acesso às gravações em que é citado. Disse não ter "comprado o silêncio de ninguém", que não tem nada a esconder e que não renunciará. Após o pronunciamento, o dólar futuro ficou em leilão entre 16h11 e 16h24 e, quando retomou as negociações, subia 7,41%, aos R$ 3,3785 no contrato para junho.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM