Jornal do Commercio
AVALIAÇÃO

Fazenda: Fitch reforça importância de iniciativa de recuperação

De acordo com o Ministério da Fazenda, a Fitch também destaca a importância das reformas, como o Teto de Gastos e a Reforma da Previdência, fatores fundamentais para consolidação fiscal do país

Publicado em 19/05/2017, às 14h29

A Fitch manteve em BB os ratings de longo prazo do Brasil, em moedas estrangeira e local / Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas
A Fitch manteve em BB os ratings de longo prazo do Brasil, em moedas estrangeira e local
Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas
Estadão Conteúdo

O Ministério da Fazenda divulgou nota nesta sexta-feira (19) afirmando que a decisão da agência de classificação de risco Fitch em manter a nota de crédito do país reforça a importância das iniciativas do governo que visam a recuperação da economia brasileira e a construção das bases para o crescimento sustentado.

"O Ministério da Fazenda reafirma seu compromisso com a busca da consolidação fiscal do país e a sustentabilidade da dívida pública", afirmou a pasta.

A agência manteve em BB os ratings de longo prazo do Brasil, em moedas estrangeira e local. Já os ratings de curto prazo em moedas estrangeira e local foram reafirmados em B. O teto do País, por sua vez, continua sendo BB+. Além disso, a Fitch manteve a perspectiva negativa dos ratings, devido a contínuas incertezas sobre a recuperação econômica do Brasil e sobre o progresso da agenda legislativa.

Apesar de reafirmar nesta sexta o rating do Brasil, a Fitch considerou que a nota de crédito é pressionada pela fraqueza estrutural de suas finanças públicas e limitada pelos recorrentes episódios de instabilidade política, que têm consequência negativa para a economia do País. Em comunicado, a agência apontou que os recentes eventos políticos relacionados ao presidente Michel Temer podem prejudicar a confiança na recuperação econômica do Brasil.



Já a Fazenda destacou que o relatório da Fitch menciona "a importância e o desafio da aprovação das reformas em curso, as quais ajudarão na reversão do cenário fiscal, contribuindo para uma trajetória benigna de endividamento público".

O ministério alegou ainda que a Fitch reconhece que a diversidade da economia brasileira, o volume expressivo de reservas internacionais e a capacidade do mercado doméstico de dívida pública de financiar os déficits fiscais nos últimos anos constituem pontos fortes do país. De acordo com Fazenda, a agência também destaca a importância das reformas implementadas, como o Teto de Gastos e a Reforma da Previdência, fatores fundamentais para consolidação fiscal do país.

Moody's

Outra agência de classificação, a Moody's, também avaliou nesta sexta que as alegações envolvendo o presidente Michel Temer e o dono da JBS, Joesley Batista, prejudicam a perspectiva de crédito do Brasil, "ameaçando paralisar ou reverter o positivo momento político e econômico observado recentemente".

Para a agência, no entanto, "ainda é muito cedo" para avaliar os desdobramentos das recentes revelações. "Nossa visão sobre o que pode ameaçar a perspectiva estável do rating Ba2 do Brasil continua sendo aquela refletida em nossa avaliação feita em março: um ressurgimento da desarticulação política e, ainda, a interrupção do momento favorável às reformas que ameace sua implementação e o cumprimento do teto dos gastos públicos".

O Ministério da Fazenda ainda não comentou o relatório da Moody's.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Prêmio ISS Recife Prêmio ISS Recife
Principal item da receita própria dos municípios, o Imposto Sobre Serviços (ISS) entra no cofre das prefeituras tanto para custear despesas quanto para viabilizar investimentos nas cidades.
#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM