Jornal do Commercio
FGTS

Golpe enviado via Whatsapp simula consulta a saldo do FGTS

Cerca de 360 mil brasileiros foram vítimas da fraude em apenas dois dias

Publicado em 02/06/2017, às 13h49

Vítimas recebem mensagem no WhatsApp com link que permite conferir se estão aptas a receber FGTS / Foto: Reprodução
Vítimas recebem mensagem no WhatsApp com link que permite conferir se estão aptas a receber FGTS
Foto: Reprodução
Editoria de Economia

Um novo golpe, que já enganou cerca de 360 mil brasileiros em apenas dois dias, vem sendo divulgado por mensagens de texto (SMS) e através do aplicativo Whatsapp.

Os criminosos usam a consulta ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para capturar dados de usuários. As vítimas acessam a mensagem para saber se estão aptas a receber os valores correspondentes ao benefício e respondem perguntas sobre o seu tempo de trabalho.

Independente das respostas, o usuário é redirecionado para uma página que convida a realizar um cadastro em serviço de SMS pago para conteúdo adulto ou para baixar aplicativos falsos que podem infectar o celular e deixar o aparelho vulnerável a outros tipos de fraudes ou prejuízos financeiros.

Essa não é a primeira vez que criminosos utilizam os saques do FGTS inativo como mote. O objetivo desses golpes é, de modo geral, realizar fraudes, vender dados pessoais ou mesmo direcionar outros ataques para levantar ainda mais informações das vítimas.



Segurança

A Caixa Econômica informa que não envia emails ou mensagens via Whatsapp sobre o saque de valores do FGTS. O banco orienta também que clientes acessem o site ou aplicativo da instituição ou se informem através do telefone 0800-726-0207.

Para evitar ser vítima desse tipo de golpe, o usuário deve saber identificar ameaças digitais como essa. Erros ortográficos, palavras abreviadas, como as utilizadas no anúncio falso dessa fraude, são um indício desse tipo de golpe.

Deve-se evitar clicar em e-mails desconhecidos, que peçam a realização de downloads ou solicitem informações pessoais. Além disso, todos os dispositivos de acesso à internet devem estar protegidos e atualizados.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM