Jornal do Commercio
BENEFÍCIO

Correção do FGTS será depositada em agosto

Caso o beneficiário tenha sacado os valores de uma conta inativa, mas ela estava com saldo positivo em 31 de dezembro do ano passado, a conta continua a existir e vai receber esse valor extra

Publicado em 14/06/2017, às 20h34

O pagamento será feito em agosto / Foto: Diego Nigro/JC Imagem
O pagamento será feito em agosto
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Editoria de Economia

Trabalhadores vão receber um dinheiro extra nas suas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), referente à nova forma de remuneração, que foi aumentada neste ano. A partir de agosto, os valores serão creditados, mesmo para os que já sacaram os recursos das contas inativas. 

A remuneração do FGTS subiu de 3% ao ano, antes da Lei nº 13.466, para 5,5%. Esse acréscimo nos percentuais fará com que os rendimentos apresentem ganho real, ou seja, superem a inflação, pela primeira vez em anos.



Esse valor extra, no entanto, não poderá ser sacado da mesma maneira que os valores das contas inativas. Eles serão acrescentados ao saldo do fundo e ficarão disponíveis para movimentação pelas regras previstas em lei.

Contas inativas

Caso o trabalhador tenha sacado todo o dinheiro de uma conta inativa, mas ela estava com saldo positivo em 31 de dezembro de 2016, a conta continua a existir e vai receber esse valor extra. O pagamento será feito em agosto.

 


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por LUIZ DA PENHA SIRINO,17/08/2017

SALDO EM OUTUBRO DE 20112, TEM DIREITO A CORREÇÃO?

Por LUIZ DA PENHA SIRINO,17/08/2017

Retire (saquei FGTS em Dezembro de 2013 (conta ativa) tenho direito a alguma correção?



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM