Jornal do Commercio
Bolsa de Valores

Bovespa sobe amparada por exterior positivo

O fortalecimento político do presidente francês Macron e dos bons índices das ações da Vale, contribuíram para o cenário positivo

Publicado em 19/06/2017, às 11h37

Os índices de Nova York avançam diante dos bons níveis da Europa / Foto: Reprodução/Internet
Os índices de Nova York avançam diante dos bons níveis da Europa
Foto: Reprodução/Internet
Estadão Conteúdo

Após uma abertura morna, a Bovespa avança nesta segunda-feira, 19, amparada pelo início dos negócios forte em Wall Street. Às 10h40, o Ibovespa acelerava os ganhos para 0,51%, aos 61.941,16 pontos. Os índices das bolsas de Nova York avançam na esteira do bom humor visto na Europa.

França

Na França, o presidente Emmanuel Macron fortaleceu sua posição política, depois de conseguir maioria nas eleições parlamentares do país no domingo. Operadores destacam, no entanto, que o vencimento de opções sobre ações nesta segunda na B3 pode segurar os negócios durante a primeira metade da sessão. As ações da Vale sustentam o índice à vista no positivo, enquanto os papéis da JBS recuam mais de 3,0%.



JBS versus Temer

A cautela local segue motivada pelo noticiário político, que teve como principal novidade durante o fim de semana novos ataques do dono da JBS, Joesley Batista, ao presidente Michel Temer. Em entrevista à revista Época, o empresário classificou o peemedebista como "chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil". A despeito da crise instalada no governo, Temer mantém sua agenda e embarca no início da tarde para visita oficial à Rússia.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM