Jornal do Commercio
Produção do Etanol

Etanol continua competitivo com gasolina apenas em SP e MT, afirma ANP

O estudo leva em conta que o etanol, por ter um preço calorífico menor, tenha um preço limnite de 70%

Publicado em 17/07/2017, às 11h56

Gasolina permanece mais vantajosa do que o combustível da cana / Foto: Pinterest/ Reprodução
Gasolina permanece mais vantajosa do que o combustível da cana
Foto: Pinterest/ Reprodução
Estadão Conteúdo

Os preços médios do etanol hidratado seguem competitivos com os da gasolina apenas em São Paulo e em Mato Grosso, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxas.

O levantamento considera que o combustível de cana, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso. Em Mato Grosso, onde o etanol está mais competitivo, o combustível é vendido em média por 60,96% do preço da gasolina.



Em São Paulo a paridade está em 66,83%. Em dois Estados - Goiás, com paridade em 70,85% e Minas Gerais, em 70,77% - praticamente não há vantagem econômica para o uso de um combustível em relação ao outro.

Gasolina

A gasolina continua mais vantajosa principalmente em Roraima. Naquele Estado, onde não há fabricação de álcool e ainda há uma dificuldade logística para o recebimento do combustível das regiões produtoras. Com isso, o preço médio do etanol foi de R$ 3,675 o litro, mais caro que os R$ 3,461 por litro cobrados pela gasolina nos postos avaliados pela ANP.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM