Jornal do Commercio
FURACÃO

Voos são cancelados no Recife por causa do Furacão Irma nesta segunda

De acordo com a Infraero, os voos seriam operados pela Azul Linhas Aéreas nesta segunda-feira (11), às 7h05 e às 10h.

Publicado em 11/09/2017, às 06h32

Quando chegou às ilhas de Florida Keys, no extremo sul do Estado, na manhã de ontem, o Irma era um furacão de categoria 4. Nesta segunda, ele oi rebaixado a categoria 1 / Foto: SAUL LOEB / AFP
Quando chegou às ilhas de Florida Keys, no extremo sul do Estado, na manhã de ontem, o Irma era um furacão de categoria 4. Nesta segunda, ele oi rebaixado a categoria 1
Foto: SAUL LOEB / AFP
JC Online
Com informações da Estadão Conteúdo

Mais dois voos que sairiam do Recife com destino a Orlando foram cancelados em decorrência do Furacão Irma que atinge a Flórida desde o fim de semana. De acordo com a Infraero, os voos seriam operados pela Azul Linhas Aéreas nesta segunda-feira (11), às 7h05 e às 10h.

Desde a sexta-feira (8), outros voos sofreram cancelamentos. Até ontem, a Azul teve 12 voos cancelados entre Brasil e os terminais de Fort Lauderdale e Orlando. Dez deles partiriam do aeroporto de Viracopos, em Campinas, ou chegariam a ele e os outros dois ligariam Orlando ao Recife. Os voos cancelados da companhia com saída e destino da capital pernambucana Voo 8708 (Recife-Orlando), ambos no domingo (10), foram Voo 8711 (Orlando-Recife). Já a Latam cancelou 26 voos entre esta sexta-feira (8) e a segunda (11), sendo 19 entre Brasil e Miami e sete com destino ou origem em Orlando.



Funcionamento normal

A Gol informou que está com todos os voos normalizados. Como a companhia atende, principalmente, a República Dominicana, no Caribe, as viagens só foram alteradas nos dias 6 e 7. No Caribe, o furacão Irma chegou na manhã da sexta-feira e deixou 22 mortos.

Classificação

O furacão Irma perdeu força ao chegar à região de Tampa, na Flórida, na madrugada desta segunda-feira (11). O fenômeno foi rebaixado à categoria 1, de uma escala que vai até 5 e a expectativa é de que o furacão perca ainda mais força à medida em que for avançando pelo território da Flórida. Quando chegou às ilhas de Florida Keys, no extremo sul do Estado, na manhã de ontem, o Irma era um furacão de categoria 4, com rajadas de até 215 quilômetros por hora.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM