Jornal do Commercio
Fluxo cambial

Entrada de dólares supera saída em US$ 7,659 bi no ano até 6 de outubro, diz BC

O fluxo cambial do ano até o dia 6 de outubro ficou positivo em US$ 7,659 bilhões, informou nesta quarta-feira (11) o Banco Central.

Publicado em 11/10/2017, às 15h07

Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 15,226 bilhões / Foto: USP Imagens
Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 15,226 bilhões
Foto: USP Imagens
Estadão Conteúdo

O fluxo cambial do ano até o dia 6 de outubro ficou positivo em US$ 7,659 bilhões, informou nesta quarta-feira, 11, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 15,226 bilhões.

A retirada de dólares pelo canal financeiro neste ano até 6 de outubro foi de US$ 34,114 bilhões. Este resultado é fruto de entradas no valor de US$ 359,281 bilhões e de envios no total de US$ 393,394 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 6 de outubro ficou positivo em US$ 41,773 bilhões, com importações de US$ 106,121 bilhões e exportações de US$ 147,894 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 22,055 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 39,603 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 86,236 bilhões em outras entradas.



Outubro

Depois de registrar entradas líquidas de US$ 2,545 bilhões em setembro, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 980 milhões na primeira semana de outubro (do dia 2 a 6), informou o Banco Central.

O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 900 milhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 8,820 bilhões e de retiradas no total de US$ 7,920 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de 2 a 6 de outubro é positivo em US$ 80 milhões, com importações de US$ 2,929 bilhões e exportações de US$ 3,009 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 452 milhões em ACC, US$ 824 milhões em PA e US$ 1,733 bilhão em outras entradas.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Prêmio ISS Recife Prêmio ISS Recife
Principal item da receita própria dos municípios, o Imposto Sobre Serviços (ISS) entra no cofre das prefeituras tanto para custear despesas quanto para viabilizar investimentos nas cidades.
#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM