Jornal do Commercio
Vai terminar

Horário de verão termina à meia-noite deste sábado

Os relógios serão atrasados em uma hora nos Estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. No Nordeste e Norte, não haverá modificação

Publicado em 14/02/2018, às 11h56

O horário de verão termina à meia-noite do próximo sábado (17) / Foto: EBC
O horário de verão termina à meia-noite do próximo sábado (17)
Foto: EBC
JC Online

O horário de verão termina à meia-noite do próximo sábado (17). Por este motivo, os relógios serão atrasados em uma hora nos Estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. No Nordeste e Norte, não haverá modificação. O objetivo do horário de verão, que começou na madrugada do dia 15 de outubro, é de aproveitar o maior período de luz solar possível para economizar energia.

O ajuste do horário vale para os moradores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Impactos

Adotado desde 1985 no País com a intenção de promover economia de energia, o horário de verão quase foi suspenso pelo governo federal para o período 2017/ 2018. Segundo o Ministério de Minas e Energia, com a mudança do comportamento da população ao longo das décadas, o impacto da alteração do horário produz hoje resultados “próximos à neutralidade” e, por isso, não compensaria uma pequena economia diante de todas as mudanças demandadas.



Quando o horário de verão começou a ser aplicado, o pico de consumo estava relacionado ao horário, se estendendo até as 20h, por isso o adiantamento dos relógios ajudava no maior aproveitamento da luz natural. O estudo realizado pela pasta, no entanto, mostrou que hoje o aumento da demanda depende da temperatura, que é mais alta justamente nos horários onde o sol é mais intenso.

Depois de causar muita polêmica por cogitar o fim do horário de verão, o governo decidiu, então, manter o horário diferenciado. Apesar disso, não divulgou a previsão de economia de energia para o período, que entre 2016 e 2017 foi de R$ 159,5 milhões. Este próximo período de horário diferenciado irá durar até as 0h do dia 18 de fevereiro de 2018.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM