Jornal do Commercio
PROJEÇÕES

IPCA para 2018 previsto pelo Focus cai de 3,70% para 3,67%

Para o próximo ano, a estimativa do IPCA caiu para 4%

Publicado em 12/03/2018, às 12h40

A estimativa para março de 2018 caiu de 0,25% para 0,22% / Foto: Pixabay/Reprodução
A estimativa para março de 2018 caiu de 0,25% para 0,22%
Foto: Pixabay/Reprodução
Estadão Conteúdo

Os economistas do mercado financeiro reduziram pela sexta semana consecutiva a previsão para a inflação de 2018. No Relatório de Mercado Focus divulgado na manhã desta segunda-feira (12), pelo Banco Central (BC), a mediana para o IPCA este ano caiu de 3,70% para 3,67%. Há um mês, estava em 3,84%. Já a projeção para o índice em 2019 caiu de 4,24% para 4,20%, na segunda redução seguida. Quatro semanas atrás, ela estava em 4,25%.

Mesmo com as quedas seguidas, as projeções de mercado indicam que a expectativa é de que a inflação em 2018 fique dentro da meta, de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual (índice de 3,0% a 6,0%). Para 2019, a meta é de 4,25%, com margem de 1,5 ponto (de 2,75% a 5,75%).

Entre as instituições que mais se aproximam do resultado efetivo do IPCA no médio prazo, denominadas Top 5, a mediana das projeções para 2018 no Focus seguiu em 3,67%. Para 2019, a estimativa do Top 5 caiu de 4,25% para 4%. Quatro semanas atrás, as expectativas eram de 3,86% e 4,25%, respectivamente.

Já a inflação suavizada para os próximos 12 meses foi na mesma tendência de queda ao passar de 4,02% para 3,98% de uma semana para outra - há um mês, estava em 4,03%.



Entre os índices mensais mais próximos, a estimativa para março de 2018 caiu de 0,25% para 0,22%. Um mês antes, estava em 0,31%. No caso de abril, a projeção seguiu em 0,36%, ante 0,37% de quatro semanas antes.

Preços administrados

O Relatório Focus indicou a expectativa de ligeira aceleração dos preços administrados em 2018. A mediana das previsões do mercado financeiro para o indicador este ano foi de 4,94% para avanço de 4,95%. Para 2019, ao contrário, a mediana passou de 4,48% para 4,43%. Há um mês, o mercado projetava aumento de 4,80% para os preços administrados em 2018 e elevação de 4,45% em 2019.

As projeções atuais do BC para os preços administrados indicam elevações de 4,8% em 2018 e 4,1% em 2019. Estes porcentuais foram atualizados na ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada no mês passado.

 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM