Jornal do Commercio
Economia Economia

INDÚSTRIA

Gerdau inaugura fábrica no Cabo

Investimento em nova fábrica do grupo foi de R$ 31,5 milhões. No evento, presidente da companhia anunciou compra do terreno da fábrica da Philips, no Curado

Publicado em 25/05/2011, às 10h43

Do JC Online

Eduardo Campos e João da Costa prestigiaram inauguração / Foto: Edmar Melo/JC Imagem

Eduardo Campos e João da Costa prestigiaram inauguração

Foto: Edmar Melo/JC Imagem

A Gerdau inaugurou na terça-feira (24) uma nova planta na Região Metropolitana do Recife (RMR), uma unidade de corte e dobra de aço, no Cabo de Santo Agostinho. Durante a solenidade, foi anunciado que a empresa fará uma expansão de 40% da produção desta fábrica, segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio. O investimento realizado na fábrica recém-inaugurada foi de R$ 31,5 milhões. A empresa também comprou o terreno da antiga Philips, no Curado (fechada desde novembro de 2010), para fazer uma expansão da fábrica da Açonorte, de sua propriedade. "Ainda estamos estudando o que será ampliado para definir o investimento", resumiu o diretor presidente da Gerdau, André Gerdau Johannpeter, sem querer revelar os números.

A nova unidade vai produzir vergalhões de aço suficientes para abastecer 300 obras simultaneamente. "A implantação da empresa é um fator importante para aumentar a qualidade na construção civil, agregando limpeza e uma entrega just in time, que resulta em ganhos de 15% a 20% de economia", explicou André Gerdau.

A fábrica vai entregar os vergalhões já cortados nos tamanhos exatos definidos pelos engenheiros das construtoras, com etiquetas que indicam como será montado. "É só montar como um quebra-cabeça", afirmou o diretor-superintendente da construtora Moura Dubeux, Marcos Dubeux. Antes de utilizar essa técnica, as fábricas entregavam os vergalhões inteiros, que eram cortados pelos trabalhadores no canteiro de obras, gerando desperdício do material e mais lixo. Geralmente, as despesas com a compra de aço representam de 15% a 20% do custo de uma obra civil.

A fábrica inaugurada vai empregar 170 pessoas e gerar 510 empregos indiretos. Na Gerdau, a unidade local é uma das mais modernas em termos de equipamento, design e processo de produção. A princípio, a nova planta vai atender Pernambuco e Estados vizinhos.

Além da Açonorte, a Gerdau tem uma unidade de corte e dobra de aço em Igarassu, na zona norte da RMR, um centro de serviços de aços planos em Jaboatão dos Guararapes, e uma filial comercial no Recife.

"Esta fábrica vai ajudar a gerar muitos empregos fora daqui na construção civil e melhorar a competitividade do setor", disse o governador Eduardo Campos (PSB), no discurso de inauguração da fábrica. Ele também agradeceu, publicamente, ao empresário Jorge Gerdau, que no início da sua gestão contribuiu para modernizar a máquina pública do Estado. Jorge Gerdau está à frente há mais de 15 anos do Movimento Brasil Competitivo, que levantou várias bandeiras para diminuir a burocracia, melhorar a gestão pública e estimular práticas inovadoras.

Segundo o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi-PE), Alexandre Mirinda, o anúncio da expansão da Gerdau é uma grande notícia porque mostra que a empresa não pensa em desativar a unidade de Igarassu.

Também animado com a expansão da Gerdau, o prefeito do Recife, João da Costa, afirmou, durante a solenidade, que a cada emprego criado em Suape são gerados dois postos de trabalho na área de serviços no Recife.


Comentários

Por andreilson ,04/11/2015

gostaria de compra dereto da fabrica como faco

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Fotos do dia

Direto da Manguetown, foliões celebram o legado de Chico Science
Foto: Guga Matos/JC Imagem

> JC Imagem

Direto da Manguetown, foliões celebram o legado de Chico Science Ninguém perde a oportunidade de fazer uma selfie com o Galo gigante, que tem 27 metros de alturaQuem não carnavaliza se trumbica. É o recado do folião fantasiado de ChacrinhaO prefeito do Recife, Geraldo Julio, posa ao lado de folião que homenageia Arraes e Eduardo CamposO governador, Paulo Câmara, e Ana Luiza, com o presidente do Galo, Rômulo Menezes, e Ana Nery

Ranking do dia

OFERTAS

Especiais JC

100 anos da Medicina 100 anos da Medicina
Especial 100 anos da Medicina aborda o surgimento das escolas médicas em Pernambuco
Novos mercados Novos mercados
Novas exigências do mercado de trabalho sob o impacto das tecnologias da informação
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM