Jornal do Commercio
Apresentação

O maior desafio é cuidar bem do seu dinheiro

O Grande Recife e municípios vizinhos têm população de quase 4 milhões de habitantes, concentram 65% do PIB estadual e vêm recebendo projetos estruturadores em todas as direções

Publicado em 15/09/2012, às 18h53

Saulo Moreira

Entre tantos feitos notáveis, o industrial norte-americano Henry Ford (1863-1947) proferiu uma das mais simples e inteligentes frases sobre as ciências econômicas: “Economia frequentemente não tem relação com o total de dinheiro gasto, mas com a sabedoria empregada ao gastá-lo”. Ícone do empreendedorismo mundial e criador do modelo de produção em escala, Ford entendia como poucos a importância de se usar corretamente os recursos. A três semanas das eleições municipais, o JC inicia uma série de reportagens que tem seu propósito norteado pelas palavras do fundador da Ford Motor Company.

Queremos alertar os leitores – cidadãos, contribuintes e, em sua maioria, eleitores – que grande parte das cidades pernambucanas vive um momento diferenciado. Já distante da aridez financeira de anos atrás, podemos dizer que há, sim, dinheiro. São recursos públicos e privados aplicados em investimentos que darão frutos em pouco tempo. Não se tem notícia de que Pernambuco tenha passado por um ciclo de prosperidade tão bem delineado. Ainda somos pobres e purgamos uma das piores distribuições de renda do País, mas, olhando para frente, temos motivos de esperar um futuro melhor. É verdade que o interior carece de atenção especial, de políticas específicas para a redução do fosso social (e o JC continuará tocando nessa tecla), porém, a área litorânea e adjacências vivem situação alvissareira.

O Grande Recife e municípios vizinhos – como Goiana, Paudalho, Escada e Sirinhaém – têm população de quase 4 milhões de habitantes, concentram 65% do PIB estadual e vêm recebendo projetos estruturadores em todas as direções. Ao sul, a pujança de Suape e suas indústrias, ao norte, a Fiat, cujas obras começam amanhã. No centro, a própria capital, sua vocação comercial, empresas de serviços, a intelectualidade das maiores universidades e centros tecnológicos. A oeste, todo um complexo imobiliário, comercial e de entretenimento começa a ganhar corpo sobre o solo de São Lourenço da Mata. São obras que atraem dinheiro e imigrantes, alavancam outros negócios menores e, claro, despertam a cobiça de políticos.

É diante dessa conjuntura econômica ímpar e às vésperas das eleições municipais que apresentamos Desafio metropolitano, um trabalho aprofundado sobre o novo Grande Recife. A série começa hoje e vai até o próximo domingo no caderno de Economia, com farto material no JC Online.
E como tudo começou?

Antes de mergulhar por dois meses em estudos acadêmicos, fazer dezenas de entrevistas com especialistas em urbanismo, saneamento, meio ambiente, economia e transportes, o repórter Giovanni Sandes teve que me convencer de que toda abordagem deveria ser metropolitana e não isolada por municípios. Com os fotógrafos Guga Matos e Bobby Fabisak, cumpriu a tarefa fundamental do bom jornalismo: visitou canteiros de obras, vilas de moradores, andou por ruelas e avenidas, saltou esgotos, foi ao encontro de pessoas comuns, moradores de cada região, ouviu queixas e aspirações.

Giovanni costurou dados técnicos a histórias humanas e concebeu o projeto, com design gráfico de Ira Oliveira e Hernanto Barbosa, webdesign de Fábio Monteiro, edição de fotografia de Arnaldo Carvalho, Chico Porto e Heudes Regis e edição de vídeos de Diogo Menezes, do JC Online.

Agora é com você, leitor. Fique atento ao Desafio metropolitano no JC, na web e redes sociais. Participe, opine, critique e, se for possível, lembre das palavras de Henry Ford quando estiver na cabine de votação para escolher o homem que vai cuidar do dinheiro de sua cidade. Do seu dinheiro.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sport de 87 - Há 30 anos, em tempo real Sport de 87 - Há 30 anos, em tempo real
Alô, turma da fuzarca! Bem-vindos a 1987. Sou Rafa, jornalista e rubro-negro. Minha missão aqui do passado é relatar em "tempo real", pra vocês que estão 30 anos na frente, a saga do Sport rumo ao festejado título de 87
Prêmio ISS Recife Prêmio ISS Recife
Principal item da receita própria dos municípios, o Imposto Sobre Serviços (ISS) entra no cofre das prefeituras tanto para custear despesas quanto para viabilizar investimentos nas cidades.
#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM