Jornal do Commercio
economia economia
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

Planos de Saúde

ANS: 63,5% dos planos de saúde têm desempenho bom ou muito bom

Quanto à distribuição dos beneficiários entre as operadoras, o número de usuários em operadoras bem avaliadas passou de 43,6% para 74%, e de 6% para 0,5% naquelas com nota mais baixa

Publicado em 02/12/2013, às 20h57


Da Agência Brasil

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou hoje (2) a nota das operadoras de planos de saúde. O Índice de Desempenho da Saúde Suplementar 2013 mostra que o número de operadoras com avaliação boa e muito boa subiu de 17,2%, em 2009, para 63,5%. As que tiveram a pior avaliação passaram de 29,8% para 3%.

Quanto à distribuição dos beneficiários entre as operadoras, o número de usuários em operadoras bem avaliadas passou de 43,6% para 74%, e de 6% para 0,5% naquelas com nota mais baixa.

O índice varia de 0 (pior) a 1 (melhor) e avalia quatro áreas: assistência ao usuário, rede das operadoras, situação econômico-financeira e a satisfação dos clientes. Ao todo, são analisados 33 indicadores. Foram avaliadas todas as operadoras em funcionamento no ano de 2012.

De acordo com a coordenadora de Qualidade e do Conhecimento da ANS, Andréa Lozer, o resultado reflete um maior cerco às operadoras mal avaliadas. “Qual o fenômeno que a gente tem: mais beneficiários em operadoras mais bem avaliadas pela ANS e o resquício, o número de beneficiários em operadoras que não estão tão bem avaliadas, está bem menor. Isso é um dado importante que demostra a ação regulatória da ANS. As operadoras ruins, ou pior avaliadas no programa, estão saindo do mercado. E as operadoras que estão ficando são as operadoras mais bem avaliadas”.

De 2009 para 2013, o número de operadoras de planos médico-hospitalares em atividade no país diminuiu 27%, caiu de 1.203 para 878. Já a quantidade de beneficiários aumentou 19%, passando de 41,2 milhões para 49 milhões. Entre as operadoras exclusivamente odontológicas, a queda foi 26%, de 433 para 320; com crescimento de 77% de usuários, que saltaram de 7,9 milhões para 14 milhões.

O diretor de Normas e Habilitação das Operadoras da agência reguladora, Leandro Reis Tavares, explica que a avaliação anual do desempenho tem como objetivo aumentar a transparência do setor de saúde suplementar, promover o aprimoramento contínuo das operadoras, fornecer subsídios para o consumidor fazer a escolha e estimular a concorrência do setor.

“A gente percebe um esforço grande do mercado em uma tentativa de aderir aos preceitos, às recomendações e às exigências do órgão regulador com o objetivo de atender às necessidades do consumidor, porque a gente tem que lembrar que essas empresas existem porque o consumidor necessita delas, e, para tal, a gente percebe que essas empresas vem buscando aderir ao que a agência exige”.

Ele lembra que os dados estão disponíveis para consulta no site da ANS, na sessão Espaço da Qualidade. “A gente quer disponibilizar cada vez mais dados para a sociedade, a gente quer capacitar o consumidor para fazer suas escolhas, quer disponibilizar para os órgãos de defesa do consumidor ferramentas para colaborarem na defesa dos interesses dos consumidores. Pioneiramente, a agência permite que sejam feitas comparações livremente a partir do site, você escolhe quais as dimensões e os indicadores que pode comparar”.

imprima
envie para um amigo
reportar erro

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Fotos do dia

Pátio do Terço, no bairro de São José, Centro do Recife, trocou o uso residencial pelo comércio
Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem

> JC Imagem

Pátio do Terço, no bairro de São José, Centro do Recife, trocou o uso residencial pelo comércioO conjunto arquitetônico do Pátio do Terço, no Centro do Recife, é formado pela igreja e 71 imóveisDas 71 edificações do Pátio do Terço, no bairro de são José, Centro do Recife, só três são moradiaO Pátio do Terço, no Centro do Recife, é o palco da Noite dos Tambores Silenciosos, no CarnavalParte do casario do Pátio do Terço, no bairro de São José, Centro do Recife, preserva só a fachada

Ranking do dia

Especiais JC

Cobertura das eleições 2014 Cobertura das eleições 2014
Confira a cobertura completa das eleições 2014
Periferia travada Periferia travada
Especial mostra as dificuldades que pessoas que moram no subúrbio do Grande Recife têm para deslocar na periferia
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM