Jornal do Commercio
PUBLICIDADE

Tirinhas do Bode Gaiato são escolhidas para estampar campanha do Google

Além do Bode, outros personagens famosos, como a Chloe e Giovanna do Forninho foram escolhidos pela empresa para a campanha

Publicado em 25/05/2017, às 16h01

Criador do personagem participou de encontro para oficializar a campanha em São Paulo  / Foto: Reprodução/Instagram Breno Melo
Criador do personagem participou de encontro para oficializar a campanha em São Paulo
Foto: Reprodução/Instagram Breno Melo
Editoria de Economia

A internet está ficando pequena para o Bode Gaiato. O personagem, criado pelo pernambucano Breno Melo, foi um dos escolhidos pelo Google para estrelar campanhas publicitárias da empresa.

A oficialização do convite ocorreu em um encontro promovido pela companhia na última segunda-feira (22), em São Paulo. Além do criador do Bode, compareceram ao evento o youtuber Whindersson Nunes, dono do maior canal no Youtube do Brasil, com mais de 20 milhões de seguidores, a apresentadora Maísa e a menina Chloe, cuja foto é um dos memes mais famosos da internet.

Segundo Breno Melo, a foto do Bode Gaiato vai estampar outdoors, comerciais de televisão e outras peças publicitárias da Google.

"Eles escolheram vários personagens famosos da internet para essa campanha e o Bode foi um deles. Não tem preço ver sua criação fazendo parte da campanha de uma das maiores marcas do mundo", disse ele. 

Ontem foi um dia muito especial, a realização de mais um sonho. Ver a sua criação fazendo parte da campanha de uma das maiores marcas do mundo não tem preço. Sem falar de estar entre tanta gente gigante da internet. Tenho só a agradecer ????????



Uma publicação compartilhada por Breno Melo (@brenomeloo) em

História


Breno Melo, o criador do Bode Gaiato é o responsável por todas as postagens da página até hoje, quatro anos após sua criação. Nascido em Recife, mas vivendo em Caruaru, o jovem de 23 anos conta que a página surgiu de forma despretensiosa, mas com apenas dois meses de existência, já se tornou sua fonte de renda, o que é até hoje. Ele não fala em números, mas relata que a marca é muito buscada por empresas de diversas áreas, que buscam se associar ao sucesso do personagem.

"Eu escolhi um Bode por achar um animal naturalmente engraçado. Fiquei entre um bode e um jumento, mas escolhi ele. Você olha para um Bode e ri, fora que é um dos animais que simbolizam nossa região. As montagens eu faço em dois minutos e compartilho. O Bode mudou completamente a minha vida e hoje eu vivo exclusivamente disso, dá pra pagar o cuscuz", brinca ele. 

O sucesso o surpreende até hoje. O sucesso da brincadeira nunca foi esperado, nem na previsão mais otimista.

"Tem gente que chega para mim falando que está vivendo situações difíceis e encontra conforto no humor das postagens, que lembra da sua terra através das coisas do Bode. Isso me motiva", diz Breno. 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM