Jornal do Commercio
Infraestrutura

MP questiona modelo de negócios da Arena da Copa

Para Ministério Público estadual e federal, risco é todo de Pernambuco. Governo nega desequilíbrio

Publicado em 28/04/2011, às 08h00

Giovanni Sandes

A Arena Pernambuco, o estádio em São Lourenço da Mata que abrigará os jogos da Copa 2014 no Estado, voltou a ser polêmica. O projeto, já em obras, é alvo de uma série de questionamentos de uma equipe conjunta do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e do Ministério Público Federal (MPF), com o aval do Tribunal de Contas da União (TCU). O grupo aponta como um grande "ponto crítico" a transferência total dos riscos do negócio para o Estado e recomenda um aditivo ao contrato de 33 anos. O governo de Pernambuco nega o desequilíbrio e qualquer irregularidade.

Um dos efeitos da discussão é que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) recebeu a recomendação de suspender qualquer repasse do financiamento de R$ 280 milhões ao estádio, que custará R$ 532 milhões. O BNDES, porém, até agora não repassou qualquer recursos para a obra, que tem sido tocada com recursos próprios do Consórcio Arena Pernambuco, encabeçado pela Odebrecht.

Um primeiro relatório foi analisado pelo TCU e virou um acórdão publicado no último dia 13, aprovando a recomendação a Pernambuco pelo aditivo. No dia 14, a Recomendação Conjunta nº 12/2011 foi publicada pelo MPPE e o MPF. O governo respondeu a todos os questionamentos na última segunda-feira. A bola agora está com a equipe do Ministério Público estadual e do federal.

Leia a cobertura completa na edição desta quinta (28) do Jornal do Commercio.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM