Jornal do Commercio
bancos

Greve dos bancários sem previsão pra acabar

Sem avanço nas negociações, Comando de Greve quer fortalecer paralisação

Publicado em 11/10/2011, às 18h38

Da editoria de Economia

A greve dos bancários chega ao seu 15º dia e não há perspectiva para sua conclusão. De acordo com a presidente do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Jaqueline Mello, não houve qualquer avanço de negociação com os bancos. Hoje os bancários realizaram mobilização em frente à Caixa Econômica Federal, da Avenida Guararapes, onde distribuíram bolo de bacia e pirulito.

Na próxima quinta-feira (13), haverá assembleia às 17h, no sindicato. Os bancários vão definir a data e o local da mobilização que está sendo organizada para a sexta-feira (14): o enterro simbólico dos presidentes dos principais bancos.

Hoje, o Comando de Greve se reuniu em São Paulo e a indicação foi de fortalecer a greve até que os bancos abram espaço para negociação. “Hoje a mobilização foi mais forte que ontem, cerca de 9.300 agências foram fechadas no País. Sexta-feira deve haver mobilização no Brasil inteiro.” Em Pernambuco, foram fechadas 132 agências de bancos privados e quase 100% dos bancos públicos.

Jaqueline Mello indica que ainda hoje o Comando vai enviar documento para a presidente Dilma Rousseff e para o presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo Portugal, na tentativa de marcar uma audiência pública.

A Federação Nacional de Bancos (Fenaban), representante dos bancários, informou em nota que “colocou-se à disposição do movimento sindical para tratar de eventuais acertos que fossem necessários. Portanto, não há razão para que a Federação apresente nova contraproposta como querem os sindicalistas.”

GREVE - Desde o dia 27 de setembro que os bancários entraram em greve, após recusar a proposta feita pela Fenaban, de reajuste de 8%, com 0,56% de aumento real. Os bancários reivindicam reajuste de 12,8% (aumento real de 5% mais a inflação do período), valorização do piso, mais contratações entre outros. A greve já é a maior dos últimos 20 anos.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM