Jornal do Commercio
Nota de esclarecimento

MonaVie nega conduta ilegal e informa não estipular compra mínima de revendedor

Texto foi enviado pela assessoria de imprensa em resposta à matéria do JC

Publicado em 07/08/2013, às 19h40

Do JC Online

Em resposta à matéria "Táticas para fisgar investidores da Telexfree, Priples e BBom são as mais variadas", que aborda propostas de negócios como anunciadas pelos próprios divulgadores, a assessoria de imprensa da MonaVie enviou a nota que segue abaixo, na íntegra.

 

"NOTA DE ESCLARECIMENTO

A MonaVie está presente em mais de 20 países e no Brasil atua desde 2008. Comercializa produtos nutricionais pelo canal de vendas diretas, possuindo atualmente 5 produtos em seu portfólio, dentre eles o energético e a barra de proteínas e cereais mencionados na reportagem. Desde sua chegada ao Brasil, a MonaVie está associada à ABEVD (Associação Brasileira das Empresas de Vendas Diretas) e cumpre com todas as obrigações legais relacionadas a seu negócio.

Ao contrário do afirmado na reportagem, na MonaVie não há compra mínima de produtos.

Assim, causou estranheza para a MonaVie ter sido mencionada em uma matéria que tratou de empresas investigadas por supostas condutas ilegais, o que não é o caso da MonaVie."




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM