Jornal do Commercio
jaboatão

Supermercado Leão de Piedade tem setor de frios interditado

Nesta semana, equipes do Procon e Vigilância Sanitária de Jaboatão interditaram três estabelecimentos

Publicado em 31/01/2014, às 21h03

 / Foto: Valter Andrade/PMJG

Foto: Valter Andrade/PMJG

Do JC Online

Na manhã desta sexta-feira (31), o supermercado Leão, em Piedade, recebeu a blitz dos agentes fiscalizadores do Procon e Vigilância Sanitária. O setor de frios foi interditado pelos órgãos fiscalizadores. 

Foram encontrados 200 kg de produtos com a data de validade adulterada. A revalidação dos congelados também foi uma prática encontrada. O setor ficará fechado por cinco dias corridos, e a multa aplicada ao supermercado será no valor de R$ 20 mil.

DENÚNCIAS - As denúncias que o Procon vem recebendo pelo telefone, através dos números 3476.2951 e 3476.2912 ou de forma presencial em sua sede - Rua Emiliano Ribeiro, nº 389, Piedade -, têm contribuído nas fiscalizações.

BALANÇO - As blitzes já resultaram na interdição da padaria do Bompreço, em Candeias, nos supermercados da Rede Sim, no Leve Mais, de Cajueiro Seco, e no Extrabom, de Piedade.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM